Bebê é encontrado mumificado após ficar congelado por décadas em casa nos EUA

Adam Smith estava limpando a casa da mãe falecida quando se deparou com o corpo

Homem encontra bebê mumificado na geladeira da mãe (Foto: Reprodução/ YouTube/ Fox)

O corpo de um bebê mumificado foi encontrado por um homem de 37 anos enquanto limpava o congelador da casa da mãe após o falecimento da parente. O mistério aconteceu na cidade de Saint Louis, Missouri, nos Estados Unidos, informou a imprensa local na terça-feira, 30 de julho.

-Publicidade-

Adam Smith disse ao jornal The St.Louis Post-Dispatch que ele e a irmã sempre perguntaram para a mãe o que ela guardava em uma caixa de papelão que estava no congelador e encontraram a resposta quando limpavam o apartamento da falecida, que morou lá por mais de 20 anos. Barbara, mãe de Adam, morreu com 68 anos em 21 de julho em consequência de um câncer.

“O corpo ainda tinha pele e cabelo (…) Estava mumificado”, disse Smith. Quando Adam encontrou a caixa ele se lembrou que durante anos a mãe dizia que ele jamais poderia abrir.”Tenho 37 anos e a caixa ficou no congelador durante todo esse tempo. Ela sempre me disse que continha a parte de cima de um bolo de casamento”, disse Smith.

-Publicidade-

Na esperança de encontrar um pedaço de bolo velho, ele achou restos mumificados de um recém-nascido do sexo feminino.

Imediatamente, Adam ligou para a polícia, que agora investiga o caso como uma “morte suspeita”. O homem foi interrogado durante duas horas e entregou aos agentes uma amostra de DNA para que seja feita uma comparação genética com o bebê.

A polícia está investigando o caso (Foto: Reprodução/ YouTube/ Fox)

“Até no leito de morte, minha mãe nunca me disse o que havia na caixa”, disse Smith ao jornal. “Isso me faz pensar que talvez ela tenha feito algo com este bebê e não queria dizer a ninguém por medo”, acrescentou o o filho.

Segundo Adam, a mãe chegou a comentar brevemente sobre a interrupção de uma gravidez antes do nascimento dele, mas ela nunca deu detalhes sobre como aconteceu. Só agora, Smith foi informado por um parente que Barbara tinha tido gêmeos, mas um foi para adoção e o outro faleceu.

“Agora tenho que esperar os resultados da autópsia para ver se esse bebê chegou a respirar”, declarou Smith.

Se o corpo congelado é de uma irmã que morreu antes que ele nascesse, isso significa que provavelmente ficou dentro do refrigerador por cerca de 40 anos.

Leia também:

Bebê cai no choro ao ver novo corte de cabelo do pai e o vídeo da reação dele é hilário

Bebê quase perde a vida após ficar 2 horas no bebê conforto e mãe faz alerta: “Não sabia desse risco”

Hospital troca bebês em maternidade e relatam desfecho chocante

-Publicidade-