Bebê gargalha em vídeo com brinquedo inusitado e prova que diversão não tem preço

Uma mãe fez questão de registrar as altas risadas do filho com brincadeira diferentona – e deixou o coração dos internautas quentinho!

Resumo da Notícia

  • Uma mãe fez questão de registrar o filho dando altas gargalhadas com um brinquedo pra lá de excêntrico!
  • Acontece que o motivo de tantas risadas vem de nada mais nada menos que uma fita métrica!
  • O vídeo do bebê se divertindo com a fita métrica subindo e descendo emocionou os internautas nas redes sociais

Uma mãe fez um vídeo divertidíssimo do filho em brincadeira completamente inusitada. Ela, assim com muitos pais e mães por aí, lançou o questionamento, “Gastar dinheiro com brinquedo para quê?” após perceber a diversão do filho com uma fita métrica! O vídeo mostra o bebê rindo bastante com o movimento de subida e descida do objeto usado para medir superfícies. Confira na íntegra aqui!

-Publicidade-
Essa mãe fez questão de registrar a diversão do pequeno com uma fita métrica! (Foto: Reprodução/ Instagram)

A mãe da estrela ainda brinca, “E tem brinquedo por aí custando R$ 400!”. Os internautas se divertiram muito com a cena – que já acumula muitas curtidas. Nos comentários, uma seguidora se identificou com o evento. “Aqui em casa reinam as colheres e vasilhames! Brinquedo para quê?”, e outra mãe ainda complementou, “Aqui em casa as caixas de papelão fazem sucesso!”.

Criatividade é a melhor brincadeira!

Estudos mostram que crianças que crescem com menos brinquedos são mais criativas e brincam melhor. É verdade! Estudos realizados por um grupo de pesquisa da Universidade de Toledo em Ohio, nos Estados Unidos, pôde comprovar a máxima.

Crianças com menos brinquedos são mais criativas, aponta estudo (Foto: ShutterStock)

A observação foi feita com 36 crianças com idade de um até dois anos e meio – que foram divididas em dois grupos. Um dos grupos foi colocado em uma sala com 16 brinquedos para cada criança, enquanto o outro recebeu apenas 4 por pessoa. As pesquisas puderam concluir que os bebês submetidos a menos brinquedos aproveitaram melhor as brincadeiras e ficaram mais entretidos! O estudo pôde concluir que é um método eficaz que crianças sejam submetidas a um rodízio de brincadeiras em casa e na escola – para que aproveitem o espaço em sua totalidade, e exerçam melhor a criatividade!