Bebê nasce prematuro de 22 semanas, sobrevive e surpreende médicos com recuperação

Lura Lauer, de 28 anos, deu à luz a Lyric no dia 15 de julho. A menina nasceu pesando apenas 0,510 kg, mas passa bem

Resumo da Notícia

  • Lura Lauer, de 28 anos, estava esperando por gêmeas quando começou a sentir sintomas estranhos
  • Com apenas 20 semanas de gravidez, a mãe começou a sentir contrações
  • No dia 15 de julho, Lura deu à luz a Lyric e Cali

Lura Lauer, de 28 anos, estava esperando por gêmeas quando começou a sentir sintomas estranhos e suspeitou que havia algo errado. Com apenas 20 semanas de gravidez, a mãe começou a sentir contrações e outras dores comuns à hora do parto, mesmo tendo alcançado apenas metade do tempo normal da gestação. No dia 15 de julho, Lura deu à luz a Lyric e Cali.

-Publicidade-
Lura sentiu constrações desde o dia anterior (Foto: Arquivo Pessoal)

A previsão era que as meninas viessem ao mundo no dia 16 de novembro. Quando Lura começou a sentir dores muito fortes, no dia 14 de julho, ela foi ao ginecologista, que disse que se tratava ‘contrações de Braxton Hicks’, uma espécie de dor falsa que pode acometer as grávidas. Como o médico insistiu que estava tudo normal, a jovem, que é professora de yoga, e o noivo, Ricky Garcia, de 39 anos, foram para casa.

“Quando cheguei em casa depois da aula, minhas contrações pioraram. Fiquei acordada a noite toda, chorando e com tanta dor que não consegui dormir.Na manhã seguinte, em 15 de julho, eu disse ao meu noivo ‘isso não parece normal’, então ligamos para o hospital e perguntamos o que deveríamos fazer. Eles nos pediram para cronometrar as contrações, para ver com que frequência elas eram. Eu disse a eles ‘é um após o outro’ – então eles me disseram para entrar direto”, contou a mãe ao The Sun.

-Publicidade-

Os médicos do hospital Novant Health Huntersville Medical Center fizeram de tudo para tentar interromper o trabalho de parto, segundo Lura.

“O médico neonatal nos disse que o hospital em que estávamos não ressuscita bebês se você der à luz um com menos de 24 semanas. Eu tinha 20 e 2 dias. Ele disse que se eu desse à luz naquele dia, teria que me despedir, porque eles não são viáveis ​​nessa idade.Eles disseram que não tinham a capacidade de cuidar de bebês tão jovens. Parecia um pesadelo”, relata a professora de yoga.

Lyric nasceu com 0,510 gramas (Foto: Arquivo Pessoal)

Depois de ouvir isso, Lura e Ricky correram para outro hospital neonatal, com o objetivo de salvar as filhas. “O médico verificou meu colo do útero e eu estava dilatada em 6cm. Ela disse: ‘você está entrando em trabalho de parto, está acontecendo’.Eu imediatamente quebrei e comecei a chorar, foi muito assustador”, diz ela.

Às 19h15 do dia 15, Lura deu à luz a Lyric, que pesava 0,510 kg e, três minutos depois, Cali também nasceu, com 0,480 kg. Infelizmente, dois dias depois do parto Cali não resistiu. “Embora ela estivesse aqui apenas por alguns dias, ela causou um impacto tão grande em nossas vidas”, contou a mãe. Lyric segue na UTI e é um dos bebês mais jovens a nascer no mundo.

As irmãs nasceram da gestação de 22 semanas e 2 dias (Foto: Arquivo Pessoal)

“Eu acho que Lyric é um exemplo que – mesmo quando os médicos não têm certeza – esperança, fé, determinação e amor são energias tão poderosas. Acredito que é isso que mantém nossa filha viva.É por isso que eu queria compartilhar sua história. A letra é uma inspiração para mim e para muitas outras pessoas”, finalizou Lura.

O 9º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Tal da Felicidade está aí! Ele vai acontecer no dia 19 de agosto, completamente online e grátis. Serão oito horas de transmissão ao vivo e você pode acompanhar tudo neste link aqui. Esperamos por você!

-Publicidade-