Criança

Bebê que nasceu com o coração para fora do corpo vai para casa após 1 ano e 2 meses

Vanellope passou por uma série de cirurgias antes de ter alta

Emily Santos

Emily Santos ,filha de Maria Teresa e Francisco

Vanellope nasceu com o coração para fora (Foto: Reprodução/Facebook)

Já contamos aqui a história de uma bebê inglesa que nasceu em novembro de 2017 com uma condição rara chamada ectopia cardíaca, que faz o coração ficar para fora do peito.

Agora, depois de 1 ano e 2 meses no hospital, Vanellope finalmente foi para casa.

Sua condição foi revelada no ultrassom de 16 semanas e, por isso, a menina nasceu por meio de um parto cesárea. Na ocasião, ela tinha menos de 10% de chance de sobreviver, além de precisar de uma série de cirurgias para corrigir sua condição.

Ela foi liberada para ir para casa após 1 ano e 2 meses (Foto: Reprodução/Facebook)

Apesar das poucas chances, a menina sobreviveu e foi operada para que o coração fosse colocado na caixa torácica, e uma proteção fosse colocada sobre o local para não deixar o órgão exposto.

Depois de corrigir sua situação, a menina foi finalmente liberada para ir para casa na última quarta-feira (06). Mas os pais de Vanellope, Naomi Findlay e Dean Wilkins, ainda vão precisar de muita ajuda para  garantir a saúde da filha. Dentre elas, está uma equipe de 7 pessoas que vão revezar nos cuidados noturnos necessários com a menina.

Os pais celebraram a alta da filha (Foto: Reprodução/Facebook)

Ainda assim, a alta de Vanellope foi intensamente comemorada pelos pais. “Somos os pais mais felizes vivos. Tem sido uma louca jornada, com emoções que nunca imaginamos que iríamos sentir, mas hoje finalmente podemos fechar este capítulo e começar um novo. Em casa com nossa filha maravilhosa, e a chance de todos nós finalmente sermos uma família de verdade não tem preço”, escreveu Naomi em uma publicação em seu perfil no Facebook.

Leia também:

Mãe emociona ao revelar a história da filha com condição rara que viralizou na internet

Mãe critica Facebook após foto da filha com condição rara ser censurada

Primeiro bebê do ano a nascer em João Pessoa tem condição rara e faz sucesso nas redes