Bebê tem cabeça arrancada durante parto após médicos ignorarem aviso da mãe

O caso aconteceu na Santa Casa de Belém na última sexta-feira. A família da grávida afirmou que o acidente aconteceu após a equipe do hospital se recusar a fazer uma cesária

Resumo da Notícia

  • A Santa Casa de Misericórdia de Belém do Pará está sendo investigada pela polícia após a denúncia de uma família local
  • Os parentes afirmam que um bebê teve a cabeça arrancada na hora do parto
  • O caso aconteceu na última sexta-feira, 16 de outubro, quando uma mulher de 26 anos chegou para dar à luz ao filho

A Santa Casa de Misericórdia de Belém do Pará está sendo investigada pela polícia após a denúncia de uma família que afirma que um bebê teve a cabeça arrancada na hora do parto. O caso aconteceu na última sexta-feira, 16 de outubro, quando uma mulher de 26 anos chegou para dar à luz ao filho. Segundo os parentes, ela tinha indicação de cesariana por conta de problemas com o feto, mas a equipe médica insistiu no parto normal.

-Publicidade-
O caso aconteceu na sexta-feira (Foto: reprodução / Getty Images)

De acordo com o marido da gestante, em entrevista a UOL, a esposa estava grávida de 8 meses e tinha sido transferida de ambulância para o hospital, já que o médico havia dito que o bebê só iria conseguir nascer se ela fosse operada. Acompanhada de uma amiga, a mulher deu entrada por volta das 6h da manhã na Santa Casa.

A acompanhante disse no boletim de ocorrência que avisou várias vezes a equipe de que a amiga não poderia ter um parto normal. “Eles não deram ouvidos e ficaram mandando ela fazer força. Fizeram tanta força que a cabeça veio na mão da enfermeira e depois caiu no chão”, explicou. Depois do ocorrido, a grávida foi operada para a retirada do restante do corpo do bebê.

-Publicidade-
O caso está sendo investigado (Foto: Getty Images)

A instituição está investigando o caso e já afastou todos os funcionários envolvidos. A amiga da gestante também disse que foi informada por um homem que a criança já estava sem vida na barriga da mãe, mesmo antes do parto. A acompanhante, porém, diz que várias enfermeiras checaram o coração do bebê durante o tempo de espera e que ele estava vivo.

A mãe do bebê segue internada e, de acordo com o marido, “está chocada”. A família conta que ela sabe que perdeu o filho, mas os detalhes não foram explicados. Apesar de já ter uma filha de 9 anos, este seria o primeiro ao lado do atual companheiro.

-Publicidade-