Bianca Rinaldi dá dicas de como encarar a quarentena com os filhos: “Precisa ter rotina”

“Esta quarentena, além da gente ficar bem juntinhas, também estou tendo tempo para observar as mudanças delas”, desabafa a atriz

Resumo da Notícia

  • A rotina de muitas pessoas mudou devido à pandemia de coronavírus
  • A Pais e Filhos conversou com a atriz Bianca Rinaldi que é mãe das meninas, Sofia e Beatriz
  • Ela contou como está lhe dando com o período de confinamento
  • A atriz falou sobre as crianças e também contou um pouco da vida profissional
Bianca e as gêmeas Sofia e Beatriz (Foto: @biancarinaldireal)

A rotina de muitas pessoas mudou devido à pandemia de coronavírus, a época da quarentena está sendo um desafio para diversas famílias. Projetos, trabalhos, estudos, enfim, todos os compromissos diários tiveram que ser adaptados ao confinamento.

-Publicidade-

A Pais e Filhos conversou com a atriz Bianca Rinaldi que é mãe das gêmeas, Sofia e Beatriz, de 10 anos, para entender como ela está lhe dando com este período. Ela falou sobre a rotina com as crianças, sobre informação e também contou um pouco de como está a vida profissional.

Bianca, como está sendo sua rotina com as meninas neste período?

-Publicidade-

Muito interessante, ainda mais depois que fiquei dois meses em São Paulo ensaiando o Musical “Silvio Santos vem aí”. Estamos matando a saudade. Esta quarentena, além da gente ficar bem juntinhas, também estou tendo tempo para observar as mudanças delas, no dia a dia às vezes a gente esquece que elas crescem e o quanto também tem a nos ensinar. Cada dia que passa na quarentena vejo que uma rotina categórica precisa existir. Com duas pré-adolescentes te solicitando o tempo todo e tentando negociar a rotina, tem horas que fica bem desafiador e precisamos redobrar atenção e cuidados. Mas no final de tudo estamos nos saindo bem. É algo novo, inclusive, para nós e para o mundo.

Em momentos como esse, o que você costuma pensar?

Todo cuidado é pouco, o mundo está vivendo um momento muito duro e precisamos ouvir e fazer o que estão nos pedindo. Precisamos ter calma e muita fé em Deus. Penso que a positividade vá nos levar a caminhos que o desespero e o alarmismo não farão. É necessário um olhar mais profundo para tudo. É um momento, também, de renovação.

Como transmite essa informação para suas filhas?

Quando começou, na primeira semana, não entendiam muito a seriedade desta pandemia, então eu fui mais firme, explicando a gravidade deste momento e que não poderíamos ficar indo para os lugares, inclusive a casa das amigas, onde adoram estar. Eu as entendo muito, – e transmito isso a elas -, que com muita calma, vídeos informativos, e fontes de credibilidade, conseguimos nos informar melhor e passar por isso. É importante nos resguardarmos. Este período de isolamento também é forma de crescimento como pessoas que pensamos em um bem comum. Explicamos, também, que temos que nos preocupar com as pessoas de mais idade, que estão na zona de risco. Passado a primeira semana, elas se acalmaram e estão descobrindo se reinventar dentro de casa. Elas, cada uma, adoram escolher um livro para ler, brincar com a família de jogos de tabuleiro. Temos visto filme em família, estudado depois das obrigações da manhã e, até mesmo, nas tarefas de casa elas tem me ajudado.

Bianca e as meninas Foto: Acervo Pais&Filhos

Acredita que as crianças lidam melhor (com mais positivismo) em situações assim?

Acredito que isso tem muito a ver com a forma como cada um enxerga o mundo, as situações. Crianças reagem de diversas formas, umas mais tranquilas, outras nem tanto. Mas devemos dialogar muito para assegurá-la de que tudo ficará bem. Mas talvez as crianças entendam melhor por não terem a maturidade suficiente para compreender a gravidade da situação.

Você está em cartaz no musical Silvio Santos Vem Ai, ansiosa para voltar aos palcos após a quarentena?

Estou cheia de energia para voltar. Tivemos o prazer de estrear e ver que a peça funciona muito! As pessoas se divertem! Tivemos que parar na semana da estreia. Mas para o bem da nossa nação, foi necessário. Precisamos todos fazer a nossa parte, ficar em casa. E logo estaremos de voltar, cantando, aprendendo, e fazendo história no teatro brasileiro.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-