Biel conta sobre o início da carreira: “Colocavam na minha cabeça que minha mãe me roubava”

O cantor Biel, durante uma participação em um podcast, desabafou sobre o início da carreira como cantor

Resumo da Notícia

  • O cantor Biel participou de um podcast
  • Ele contou sobre o início da carreira
  • Biel disse que foi induzido a acreditar que os pais o prejudicavam

Durante uma participação no podcast “Inteligência Ltda”, o cantor Biel, de 26 anos, relembrou o início de sua carreira musical, e também contou que, naquela época, chegou a ser induzido que os pais estavam o prejudicando e que estava sendo roubado pela própria mãe.

-Publicidade-

“Cara, eu estava trabalhando tanto que não tinha tempo para pensar em nada, era osmose, eles falavam, eu fazia. Já entrei no entrosamento tão grande, que eles falavam e para mim era lei. Eles tinham 90% [dos lucros que obtinha] com o digital, eu não era assalariado, mas eu tinha 10% do meu digital”, disse Biel.

Biel conta sobre o início da carreira
Biel conta sobre o início da carreira (Foto: Reprodução Instagram)

Ele relembrou que quando assinou o primeiro contrato musical, tinha acabado de completar 18 anos, e falou sobre: “Assinei [o contrato], já era maior de idade, não tenho como falar que foi safadeza, eu que fui imaturo e muito ignorante […] Então você está vendendo música, fechando com gravadora, fechando com empresário, está assinando a sua vida, o seu tempo, a sua arte, está assinando com alguém e não tem conhecimento… Então, [eu], filho de uma advogada, filho de um DJ que já vivia… Eu assinei numa época de revolta, era muito independente para pedir a opinião dos meus pais, era muito autossuficiente, cheio de si, cheio de certezas.”

“Meu pais não tinham o espaço para falar comigo, eu não dava, e não tinha [como], as pessoas criaram barreiras, [falaram] que meu pai era a pior pessoa do mundo, que a minha mãe me roubava, era isso que colocavam na minha cabeça”, falou. Ele explicou que a mãe dele era a responsável por comercializar seus shows, mas por influência de outros, retirou ela dessa função.

“Minha mãe vendia meu show, então o cara que quis vender [falava]: ‘a mãe dele faz tudo errado’. Botava na minha cabeça: ‘a sua mãe tá viajando’. Para quê? Para conseguir vender ele. Então eu falava: ‘mãe, [você] não vai fazer mais não, eu vou deixar aqui agora… saca?”, finalizou.