Bióloga cria projeto para levar crianças carentes para conhecer o mar pela primeira vez

Muito além da viagem e da diversão, ela tem como intuito ensinar sobre a preservação dos oceanos na prática

Resumo da Notícia

  • Bióloga cria projeto para levar crianças de creches públicas de São Paulo à praia
  • O projeto tem como intuito ensinar sobre a preservação dos oceanos na prática
  • Além disso, as crianças amam o passeio e a viagem
  • Entenda melhor sobre o projeto

Ir à praia, fazer castelos na areia e tomar banho de mar é uma das atividades preferidas quando se é criança, já que normalmente é sinônimo de férias. Algumas crianças, no entanto, não conseguem aproveitar desse tipo de passeio, devido à condição econômica. Foi pensando nelas que a bióloga Mariana Almeida criou o projeto “Há Mar”. O projeto tem como objetivo levar crianças de creches públicas de São Paulo para conhecerem o mar pela primeira vez.

-Publicidade-
O projeto leva crianças da rede pública para conhecer a praia (Foto: Larissa Amparo)

Mariana conta que o contato com a natureza vem desde criança, quando considerava o microscópio o brinquedo favorito. “Desde lá eu dizia que queria ser bióloga marinha e cresci indo para o litoral para ver o mar. Aos 16 anos, comecei a mergulhar e tirei certificação. Eu gosto da visão que o cientista é como se fosse uma criança querendo descobrir a origem de tudo e de onde viemos. Por isso, esse projeto tem um significado gigantesco pra mim”, declara.

Como sempre amou esse contato, que definiu a carreira como profissional, Marina se formou e começou a trabalhar com a educação ambiental, criando dinâmicas para ensinar as crianças sobre a conservação, sempre puxando para o assunto do oceano. Foi desse trabalho que nasceu a vontade de fazer a ação de levar as crianças para ver o mar. “Uma amiga me deu a oportunidade de apresentar o projeto “Há Mar” e uma diretora de creche se interessou na hora. Fizemos uma reunião, criamos uma estrutura e, com o apoio de pequenas empresas, conseguimos realizar a primeira ação do projeto”, lembra.

-Publicidade-
A viagem conta com muita diversão e aprendizado (Foto: Larissa Amparo)

Muito além de uma viagem divertida, o passeio também conta com muito ensino e conexão. “Durante o passeio, realizamos dinâmicas interativas, exercícios de respiração, agradecendo o oceano. Um jeito diferente e inovador de aprender. Realizamos também, ações de limpeza nas praias incluindo aulas de yoga e meditação.”, explica.

Além disso, também com a ideia de aproximar a natureza e o oceano das pessoas, Mariana criou o Sustenta Mar, um projeto de diagnóstico socioambiental de comunidades do litoral norte, que tem o objetivo de dar apoio e educação ambiental a pescadores artesanais. “O maior intuito é proporcionar às pessoas esse reencontro com o oceano. Eu acredito que só despertando essa paixão que nós vamos conseguir preservá-lo. Se conseguirmos nos conhecer, conseguimos nos conectar com tudo e ter uma ligação maior com a natureza. Esses dois projetos e quem eu sou, se fundem, e eu espero conseguir levar esse amor ao oceano para quem estiver comigo”, finaliza a bióloga.

O foco é a educação ambiental (Foto: Larissa Amparo)

-Publicidade-