Boa ação! Menino de 6 anos troca presente de aniversário por alimentos para moradores de rua

Ele ia ganhar um tablet, mas, em vez disso, pediu para que a mãe usasse o dinheiro para montar kits de comida para os menos afortunados

Resumo da Notícia

  • Menino de 6 anos troca presente de aniversário por alimentos para moradores de rua
  • Ele ia ganhar um tablet, mas pediu que a mãe usasse o dinheiro para fazer as doações
  • Ele mesmo quis entregar a comida
  • A família doou cerca de 200 kits de cachorro-quente

Uma criança de apenas 6 anos deu um show de empatia com o pedido inusitado de presente de aniversário. Jonathan luma Lorgeant, de Várzea Paulista, interior de São Paulo, decidiu usar o dinheiro que seria gasto com um presente de aniversário para ele para comprar alimentos a moradores de rua da cidade.

-Publicidade-
Menino pede doação de presente de aniversário (Foto: iStock)

O garoto fez aniversário no dia 4 de março e o presente já estava certo: ele ganharia um tablet. Jonathan, porém, mudou de ideia e resolveu pedir aos pais que, no lugar do produto, eles gastassem o valor com a compra de ingredientes para a montagem de kits de cachorro-quente para serem entregues a moradores de rua.

A mãe, Franceline Iuma, contou em entrevista ao G1 que a ideia veio quando ela passou com o filho pela Praça de Jundiaí, onde ele viu os moradores de rua e perguntou o motivo de estarem dormindo no asfalto. Quando a mãe explicou ao garoto que eles moravam ali, Jonathan ficou indignado e perguntou se poderia levá-los para a casa deles. “Ele disse: temos que ajudar os pobres”, lembrou a mãe.

-Publicidade-

Inspirados pela ideia de boa ação do filho, a família decidiu ajudá-lo a realizar esse desejo. Os pais compraram todos os ingredientes dos lanches e começaram os preparativos dos kits. Para darem conta da alta quantidade, Franceline e Michel também contaram com a ajuda da tia de Jonathan. Durante o final de semana, no dia 6 de março, a família foi à rua entregar os kits. Apesar do tempo chuvoso, o aniversariante não aguentou de ansiedade e, usando uma camiseta personalizada, pediu para ir distribuir os alimentos e refrigerantes com a mãe logo que acordou. Durante a ação, eles entregaram aproximadamente 200 kits.

A mãe contou que o filho tem o hábito de pedir conselhos para a ela para ajudar outras pessoas. Ela contou que sempre que o garoto vê alguém com alguma deficiência, ele pergunta à mãe como ele pode ajudar e que toda a vez que eles vão até a padaria ele pede para comprar um pão para algum morador de rua. “Ele me faz comprar alguma coisa para o morador, senão ele não vai se sentir bem. Ele pergunta se está tudo bem, se ele gostou. Aí, quando chega em casa, fala: pai, hoje ajudei uma pessoa! Tô muito feliz”, disse ela.