Boa ação! Menino de 8 anos doa “kits de sobrevivência” para moradores de rua durante pandemia

O menino de 8 anos arrecadou doações em Nova Jersey, nos Estados Unidos para montar “kits de sobrevivência” para moradores de rua

Resumo da Notícia

  • Um menino de Nova Jersey doou mil kits para pessoas que vivem situação de rua
  • Ele já tinha doado mais de 6 mil equipamentos de proteção individual para profissionais da saúde da cidade
  • Desta vez, foi ele quem ligou para as empresas para pedir ajuda

Zohaib Begg tem 8 anos e provou que idade não significa nada, na hora de ajudar os outros, ele arrecadou algumas doações de empresas de Nova Jersey, nos Estados Unidos para montar “kits de sobrevivência“, que foram distribuídos para pessoas que vivem em situação de rua.

-Publicidade-

Para que os kits realmente chegassem nas mãos dos mais necessitados, ele procurou algumas ONGs (Organização Não Governamental) para o ajudar a encontrar as comunidades que mais precisam de ajuda. Dentro de cada pacote, ele colocou itens como: suprimentos,  produtos de higiene, meias, entre outros. Todas as entregas foram feitas seguindo os protocolos de saúde estabelecidos pela OMS.

Idosa de 102 anos recebe alta após 2 semanas internada com covid-19 e família comemora
(Foto: Getty Images)

Se alguém perguntar para ele o porquê de fazer isso, a resposta dele vai ser: “Eu acredito em sempre espalhar gentileza.”, ele também agradeceu por ter amigos e uma família que compartilha da mesma visão e valores que ele. Zohaib Begg acredita que ninguém é jovem demais para fazer o bem.

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

 

Ele conseguiu arrecadar o valor e os insumos necessários rapidamente, porque ele já tinha um histórico de boas ações. Ano passado, ele distribuiu mais de seis mil EPIs (Equipamento de proteção individual) para os profissionais de saúde que estavam trabalhando nos hospitais de Nova Jersey.

Dessa vez, foi ele quem ligou para as empresas e pediu ajuda com o valor. Elas se prontificaram a ajudar e ele contou que: “Eu sei como essas famílias se sentem. Só espero que esses kits deem um pouco de conforto para quem está enfrentando este momento difícil.” Para finalizar, explicou que: “Também quero mostrar às crianças que, independentemente da sua idade, você sempre pode fazer a diferença e um impacto positivo na sua comunidade. Você só precisa encontrar o problema e encontrar uma solução”.