Brasil está apenas no começo do surto de coronavírus e a situação vai piorar, diz estudo

Uma pesquisa feita pela Universidade Imperial College, de Londres, analisou a situação dos brasileiros no combate à covid-19 em comparação com a evolução da doença em outros países

Resumo da Notícia

  • Uma pesquisa feita pela Universidade Imperial College, de Londres, analisou a situação dos brasileiros no combate à covid-19 em comparação com a evolução da doença em outros países
  • De acordo com os especialistas, a doença não está controlada no Brasil e o número de casos infectados vai continuar crescendo
  • Para mudar o cenário, eles indicam que medidas mais rígidas de controle da circulação das pessoas são a única saída para conter o vírus
Família do primeiro caso de morte por coronavírus do Brasil sofre com sintomas da doença (Foto: Getty Images)

Um estudo compartilhado nesta sexta-feira, 8 de maio, pelo Imperial College, de Londres, uma das instituições de maior referência em medicina no mundo, defende que o surto do novo coronavírus no Brasil está apenas começando. De acordo com os pesquisadores, as medidas de isolamento social ajudaram a não espalhar rapidamente o vírus, mas a situação vai ficar pior caso não sejam adotadas medidas mais rígidas impedindo a circulação das pessoas.

-Publicidade-

“Em nenhum estado do Brasil nossos resultados indicam que a imunidade está próxima de ser atingida, sublinhando o estágio inicial da epidemia no Brasil atualmente, e a possibilidade da situação piorar a não ser que outras medidas de controle sejam adotadas”, afirma o estudo segundo O Globo.

Segundo O Globoessa conclusão vem de um relatório feito pelo Brasil e que foi assinado por 59 especialistas da Imperial College. O documento diz que a situação do vírus está fora de controle em território brasileiro.

-Publicidade-

Quando o vírus chegou ao Brasil a taxa de disseminação da doença estava entre 3 e 4. Isso significa que cada pessoa pode transmitir o vírus pra 3 ou 4 pessoas. A quarentena na maioria dos estados fez o número diminuir, mas ainda é maior do que 1. Os cientistas dizem no relatório que os países europeus já está com uma taxa de reprodução menor do que 1. “Com o número acima de 1 significa que a epidemia ainda não está controlada (no Brasil) e irá continuar a crescer”, comentam os pesquisadores.

Somente 5, São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco e Amazonas, dos 27 estados estão com 81% dos casos de coronavírus no Brasil (Foto: Getty Images)

De acordo com o relatório, o Brasil está apenas no começo da doença. É possível enxergar esse cenário quando avaliamos como o coronavírus está em estágios diferentes em cada estado brasileiro. Somente 5, São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco e Amazonas, dos 27 estados estão com 81% dos casos.

“De forma geral, enquanto nosso estudo sugere que as medidas implementadas até agora tiveram um impacto na diminuição da transmissão da doença, ele também destaca que não foi suficiente para controlar a transmissão da doença. É preciso adotar mais medidas de limitação de contato, indo além das que foram colocadas em vigor, para a redução da taxa de reprodução da doença no Brasil para menos que 1”, finalizam os cientistas.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-