Bruninho, menino hostilizado por ganhar camisa palmeirense, tem encontro emocionante com Neymar

O caso do menino de 9 anos hostilizado pela torcida do Santos ao ganhar camisa de time rival após partida de futebol chocou o país. Por isso, Neymar fez questão de conhecer Bruninho

Resumo da Notícia

  • Bruninho, menino hostilizado por ganhar camisa palmeirense, tem encontro emocionante com Neymar
  • O caso do menino de 9 anos hostilizado pela torcida do Santos ao ganhar camisa de time rival após partida de futebol chocou o país
  • Por isso, Neymar fez questão de conhecer Bruninho pessoalmente

Bruninho, menino de apenas 9 anos de idade hostilizado por ganhar camisa palmeirense após jogo do Santos, teve um encontro emocionante com Neymar.

-Publicidade-

O momento foi registrado pelo pai de Bruninho, Moisés Nascimento. O jogador do Paris Saint German (PSG) defendeu Bruno nas redes sociais e, não satisfeito, ainda fez questão de conhecer pessoalmente o menino hostilizado dentro e fora da web.

Sobre o momento, Bruno declarou, para o portal Razões Para Acreditar. “Foi uma emoção tão grande, que é sem explicação. Abracei muito, chorei muito, abracei muito ele (Neymar). Emoção sem explicação”. Além dele, Moisés também se pronunciou.

O pai de Bruninho, Moisés, também falou sobre o encontro
O pai de Bruninho, Moisés, também falou sobre o encontro (Foto: Reprodução/ Razões Para Acreditar)

“É fora do comum, fora da realidade. Nem se eu vivesse 10 mil anos acho que poderia proporcionar para ele tudo o que aconteceu em uma semana. Acho que nem se eu vivesse 20 milhões de anos eu faria isso para ele como pai. Não tem o que falar, muito grande o amor, a emoção, o carinho que tiveram como o meu filho, e agora somos fãs número um de cada um”.

Pai e filho ainda contaram que foram pegos de surpresa pela atitude de Neymar. “A gente estava conversando, de costas, e ele apareceu nas nossas costas. Não tem explicação. O celular não estava nem pronto para tirar uma foto. A gente estava olhando para uma porta e ele veio por trás”. Bruninho ainda ganhou uma camiseta do Brasil autografada do jogador. Incrível!

Entenda o caso

Um menino foi hostilizado enquanto assistia a um jogo de futebol com o pai. Isso porque, no último domingo, a dupla marcou presença no clássico Palmeiras contra Santos – e Bruno, de apenas 9 anos de idade, foi completamente hostilizado e até ameaçado ao pedir a camiseta usada na partida por Jaílson, goleiro reserva do Palmeiras, enquanto estava na torcida santista.

Bruninho e o pai receberam apoio de diversas torcidas e até mesmo jogadores famosos – como Neymar e Pelé – após o ocorrido. Isso porque, diante da reação de alguns torcedores, foi necessário que a polícia intervisse para que pai e filho não saíssem do estádio machucados.

Bruninho tem 9 anos de idade
Bruninho tem 9 anos de idade (Foto: Reprodução/ Youtube)

O menino ainda usou as redes sociais para fazer um pedido de desculpas aos torcedores que se sentiram ofendidos com a sua ação – e afirmou que devolverá a camisa usada por Jaílson na partida. Além disso, também ressaltou que ainda é santista, e que simpatiza com jogador do Palmeiras que joga pela Seleção Brasileira. Enfim, ele lamentou estar sendo xingado nas redes.

Diante da maturidade de Bruninho, diversos profissionais não deixaram de elogiá-lo. A conta oficial do Santos, no Twitter, se pronunciou sobre o ocorrido dentro de seu estádio e com sua torcida, por meio de um tweet.

Bruninho publicou um vídeo de desculpas
Bruninho publicou um vídeo de desculpas (Foto: Reprodução/ Instagram)

“O Santos FC já entrou em contato com Moises, o pai do Bruno do Nascimento, para minimizar o impacto dos transtornos causados por poucos torcedores exaltados no final do jogo com o Palmeiras. Para manter sua paixão pelo Peixe, Bruninho foi convidado para assistir ao jogo com o Red Bull Bragantino, nesta quarta-feira na Vila Belmiro, desta vez no camarote. O Clube não compactua com qualquer tipo de violência e se solidariza com a criança, que é um dos mais novos Meninos da Vila, conhecido pelo elenco, por sempre estar apoiando o time no portão do CT Rei Pelé”, afirmou a publicação.

Neymar republicou o vídeo de Bruninho nos stories, e defendeu a atitude do menino diante dos haters. Por lá, escreveu, “Você é gigante”. Pelé também se pronunciou sobre o ódio dentro do futebol, e elogiou a admiração do garoto por jogadores de outros times mesmo sendo santista. Para conferir os momentos na íntegra, clique AQUI.