Família

Bruno Gagliasso fala como será a chegada do filho ao Brasil

A família estaria montando um esquema no aeroporto

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

 

(Foto: Reprodução/Instagram/@gio_ewbank)

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank decidiram aumentar a família! Bless, de 4 anos, foi o escolhido pelo casal e nasceu no Malawi na África, mesmo continente da irmã Titi, de seis anos. O menino ainda não está em terras brasileiras, mas de acordo com o portal O Dia, os atores já estão planejando este momento, mas de forma com bastante privacidade.

Preocupados com a segurança do menino, os atores não querem ser fotografados no Aeroporto Internacional do Galeão, do Rio de Janeiro, onde desembarcam no fim da semana que vem. Segundo a coluna do Leo Dias, Bruno estaria montando um esquema com a Polícia Federal para que os quatro sejam escoltados.

O comunicado da adoção do menino foi feito através das redes sociais dos pais. “A adoção da criança correu em sigilo como acontece em qualquer processo do tipo. Foram e estão sendo respeitadas as orientações das autoridades e assistentes sociais do país africano”, explicaram.

A assessoria de imprensa da Polícia Federal no Rio informou ao EXTRA nesta sexta-feira (25) que não ocorreu nenhum pedido por parte do casal para que houvesse escoltamento dos atores durante o desembarque deles no aeroporto.

A PF afirma ainda que não existe nenhum esquema especial para evitar que o filho Bless, de 4 anos, que foi adotado no Malawi, na África, seja fotografado no aeroporto durante sua chegada ao Brasil.

Bless já estaria no processo de adoção há dois anos para entrar na família Gagliasso – Ewbank. “O momento é de alegria e de acolhimento ao menino”, divulgaram em nota. E não foi por acaso que os pais passaram o mês de Julho na África do Sul, na realidade estavam concluindo a adoção e não, só curtindo as férias.

Leia também:

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso adotam mais uma criança no Malawi