Família

Cachorra tem participação especial em casamento e vídeo viraliza

Ela é parte da família

Cinthia Jardim

Cinthia Jardim ,filha de Luzinete e Marco

Eva participou de toda a cerimônia (Foto: reprodução / Facebook)

No início do mês de agosto, Seth Funden e a noiva Nicole, se casaram em uma cerimônia, no estado de Washington. Para a surpresa do casal, foi um grande dia também para Eva, que acompanhou o casamento desde o início. Selena Mercedes, uma das convidadas, contou que não se surpreendeu em Seth e Nicole chamarem a cachorra de estimação para o evento, pois ela é parte da família.

“Os dois passam tanto tempo com Eva”, disse Mercedes ao The Dodo. “Eles a levam aonde quer que vão”. Mas o que ninguém esperava, era que Eva se juntaria ao casal também na primeira dança dos noivos. O animal foi muito espontâneo e provou que também faz parte da união de Seth e Nicole.

“Foi a coisa mais doce. Eu não fazia ideia de que isso iria acontecer”, disse Mercedes. “Isso trouxe lágrimas aos meus olhos”. A cachorra estava esbanjando classe em uma gravata-borboleta preta e pulou para se juntar à dança. Com certeza foi um dia inesquecível para o casal, e principalmente para Eva. Nas redes sociais, o vídeo se tornou viral. Para assistir, clique aqui!

Conviver com animais de estimação faz bem à saúde!

Animais são muito importantes para o crescimento dos seus filhos (iStock)

Um pesquisador sueco, Bill Hesselmar, da Universidade de Gothenburg decidiu entender se há diferença entre crianças que tiveram apenas um animal de estimação, daquelas que tiveram mais e analisar se eles precisam viver dentro de casa para trazer algum tipo de benefício.

Ele analisou, junto com outros amigos de pesquisa, dois estudos realizados há alguns anos. O maior deles, contou com a participação de 1029 crianças de idades entre sete e oito anos. O outro, acompanhou 249 recém-nascidos por oito anos.

No primeiro estudo, as alergias atingiam 49% das crianças que viveram o primeiro ano de vida em uma casa sem animais. Já os bebês que tiveram, tinham 43%. E aquelas que tinham três animais diminuíam sua chance para 24%. Durante a pesquisa, apenas duas crianças tinham cinco animais e nenhuma delas tiveram alergias. No segundo, 48% das alergias atacavam os bebês que não foram expostos a animais no primeiro ano, 35% para aqueles que foram e 21% para as crianças que viveram com mais de um pet.

Relação de criança com pet é benéfica para saúde (Foto: iStock)

Isso mostra que ter animais de estimação tem relação direta com a prevenção de alergias. Quanto maior o contato com gatos e cachorros você tem quando é bebê, menor é a chance de ter asma, eczema ou febre do feno mais tarde. Ao mesmo tempo, depende da dose: quanto mais animais convivem na sua casa durante os primeiros 12 meses, maior proteção contra alergias. E esses animais não podem estar o tempo inteiro no quintal. “Um cão ou gato que quase nunca entra na casa ou que quase nunca tem contato com a criança pode não protegê-la”, explica o pesquisador.

Ele acredita que os pets têm micróbios que estimulam o sistema imunológico das crianças e previnem que eles desenvolvam alergias. Fora isso, o contato com outras crianças e passar tempo ao ar livre também pode ter um efeito protetor para os bebês.

Leia também:

Marta promete construir abrigo para cachorros abandonados no sertão do Nordeste

Cachorro é flagrado roubando batatas fritas da dona e a reação dele viraliza

Cachorro finge desmaio para não cortar as unhas dele e vídeo é hilário

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos: