Cachorro ajuda a resgatar tutor cadeirante que caiu em lago

A cadela Sarah começou a latir em alto e bom tom para que alguém socorresse Harry Smith, de 81 anos, que não sabia nadar

Resumo da Notícia

  • Cadela ajudou a resgatar tutor cadeirante que caiu em lago;
  • Sarah começou a latir em alto e bom tom para que alguém socorresse Harry Smith, de 81 anos, que não sabia nadar;
  • Testemunhas escutaram os latidos e foram até o encontro de Harry e a cadela para o resgate.

Um homem de 81 anos experimentou em primeira mão a lealdade e o amor que um animal de estimação sente por seu dono. A cadela Samantha ajudou a resgatar seu tutor cadeirante , Harry Smith, no lago onde acabou caindo em um passeio de rotina na cidade de Port St. Lucie, Flórida, Estados Unidos.

-Publicidade-

O departamento de polícia local informou nas redes sociais que o homem passeava com suas cadeira de rodas elétrica, e por algum motivo, o equipamento perdeu a tração e deslizou num barranco, levando-o a cair na água.

Sem saber nadar o homem gritava por socorro, e então a cachorra começou a latir em alto e bom tom para chamar a atenção de alguém que passase por perto para ajudar Harry. Foi com os latidos de Sarah que Edward Suhling e Aby ‘Jacob’ Chacko tiraram o idoso do lago e acionaram as autoridades.

Harry falou do seu amor por Sarah, que está há nove anos da família
Harry falou do seu amor por Sarah, que está há nove anos da família (Foto: Reprodução/WPTV)

Durante o trajeto de ir ao encontro do idoso, um dos homens conseguiu pedir ajuda para o policial Adam Doty, explicando que não tinha ouvido Smith gritando, apenas o cachorro latindo.

O idoso recebeu atendimento médico no local e logo em seguida foi liberado por não constatar ferimentos e logo foi para casa. O único prejuízo de Harry foi com sua cadeira de rodas, que foi danificada pela água do lago. O policial e um bombeiro empurraram a cadeira de Harry até em casa e enquanto isso, Sarah, caminhava ao lado acompanhando o tutor de perto.

Amor de pet

Ao jornal local WPTV, Harry contou que Saraha está na família há anos e por conta do seu ato heróico, ganhou ainda mais carinho, petiscos e muitos elogios.

“Ela é uma cadela tão boa. Todo mundo neste bairro a ama, todos cuidam dela. Eu a amo, sempre amei, sempre amarei”, enfatizou.