Cachorro pega ônibus sozinho e passeia em shopping de Belo Horizonte

O cachorrinho Pipoca fugiu de casa por um dia e ganhou presentes dos funcionários do shopping

Resumo da Notícia

  • Cachorro que fugiu de casa pega ônibus e vai passear em shopping;
  • A dona do animal, Cristiane, disse que encontrou Pipoca após uma publicação nas redes sociais;
  • Os funcionáriso do shopping acolheram o cão com comida, água e brinquedos até a dona ser localizada.

O vira-lata Pipoca fugiu de casa, no bairro Ermelinda, no último domingo, 19, e decidiu ver a decoração de Natal em um shopping de Belo Horizonte. Independente, ele pegou um ônibus e foi até o centro comercial.

-Publicidade-

Em entrevista ao portal R7, Cristiene Aparecida, de 34 anos, Pipoca fugiu por volta das 17h e não voltou. Cristiene chegou a procurá-lo na região, mas não o encontrou. Na segunda-feira, 20, ela viu a postagem nas redes sociais do shopping e o reconheceu. No reencontro, descobriu que ele tinha ido até o local de ônibus.

“A gente mora no bairro Ermelinda, e o Pipoca é danado. Ele sempre arranja um jeito de dar uma voltinha na rua. Costuma ir a bares aqui na rua, que é bem tranquila. Ele fica brincando, ganha carinho e depois o pessoal traz ele para casa. Não sei como ele deu conta de entrar no 70 [linha do ônibus] e ir”, brincou Cristiene.

Publicação feita pelo shopping onde Pipoca foi passear no último domingo, 19
Publicação feita pelo shopping onde Pipoca foi passear no último domingo, 19 (Foto: Reprodução/Instagram)

Pipoca chegou ao shopping pet friendly ainda no domingo, 19. Perdido, o animal rodou até chegar ao SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) do centro de compras. “Nós não havíamos recebido reclamação dos clientes sobre animal perdido. Então, vimos o Pipoca lá e o acolhemos”, explicou Isabela Moreira, gerente de marketing do shopping.

“O cãozinho ganhou coleira, água, ração e muito carinho”, contou Isabela. Enquanto aguardava a chegada da família, Pipoca passou a noite no local em companhia de outros funcionários que estavam de plantão. “Na entrega, o cão atendeu pelo nome e vimos logo que pertencia à família não só pelo material enviado por ela como pelo amor entre o Pipoca e os donos”, refletiu a gerente.

O vira-lata foi resgatado das ruas de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, há cerca de um ano pela família e foi um presente para Sofia, filha de 6 anos de Cristiene, que sempre sonhou em ter um animal de estimação.”A Sofia ficou numa alegria só. Ela estava toda ‘murchinha’ porque ele tinha sumido”, contou.