Caçula de Malvino Salvador com Bronquiolite: entenda a doença que está afetando Rayan, aos 6 meses

Rayan foi internado por causa da doença que afeta os bronquíolos – parte específica do pulmão – de bebês de até 6 meses de idade. Entenda o caso, e como prevenir o diagnóstico nas crianças!

Resumo da Notícia

  • Rayan foi internado na última segunda-feira, 5 de julho, por causa de uma bronquiolite
  • O caçula do Malvino Salvador foi afetado por uma doença que atinge bebês de até 6 meses de idade
  • Entenda o diagnóstico e a melhor maneira de prevenir o seu filho desse perrengue!

Rayan, filho de Malvino Salvador com Kyra Gracie, foi internado na última segunda-feira, 5 de julho, por causa de um quadro de bronquiolite. A doença atinge os bronquíolos – parte específica do pulmão – e acomete, especialmente, crianças de até 6 meses de idade. Por causa disso, é importante entender o que leva ao diagnóstico e as principais medidas para prevenir o quadro nos filhos!

-Publicidade-
O diagnóstico afeta especialmente bebês de até 6 meses de idade (Foto: iStock)

O Dr. José Carlos Fernandes, pediatra do Hospital da Criança e pai de Vinicius e Juliana, respondeu nossas principais perguntas sobre a bronquiolite – e vai te ajudar a identificar melhor os sintomas que afetam as crianças com esse quadro.

Como começa?

A criança começa esse quadro com um resfriado, secreção nasal, podendo ou não ter febre. Os sintomas vão evoluindo e podem durar de 7 a 10 dias. Ela passa a ter dificuldade de se alimentar, a sentir cansaço, falta de ar e respiração acerelada. Eventualmente, pode ter complicações como broncopneumonia. A bronquiolite poderá se manifestar mais de uma vez por ser uma doença viral e respiratória.

Outras causas podem ser a falta do leite materno, nascimento prematuro, bebês com cardiopatia ou baixa imunidade e filhos de pais fumantes ou asmáticos. Crianças que têm um quadro pulmonar grave podem apresentar a doença 3 ou 4 vezes por vírus diferentes.

Qual o tratamento?

Rayan é integrante da porcentagem de 15% de crianças que precisam ser internadas para o tratamento da bronquiolite – e, no hospital, utilizam de oxigênio diretamente no pulmão e fisioterapia intensa. Para casos mais leves, um tratamento feito em casa com inalação, limpeza intensa do nariz e uso de antitérmico em caso de febre é mais que suficiente.

Como prevenir?

Existem vacinas para cada tipo de vírus. Nosso sistema de saúde fornece vacinas para crianças com indicação, ou que são prematuras, tem doença cardíaca, doença pulmonar crônica e manifestam baixa imunidade. É importante ressaltar que o leite materno possui anticorpos que protegem a criança. No geral, é necessário ter mais cuidados respiratórios durante o inverno, evitar aglomerações, contato com outros doentes e cuidados higiênicos.