Cadela que era usada para assalto é resgatada e recebe mais de 100 pedidos de adoção

O ladrão tem 15 passagens pela polícia por diversos crimes e usava o cachorro para intimidar os outros

Resumo da Notícia

  • O ladrão usava o cachorro para ele intimidar os outros
  • Após o resgate, o pastor recebeu ao menos 150 pedidos de adoção
  • O criminoso já tem 15 passagens pela polícia por diversos crimes

Uma cachorra era usada por um ladrão para assustar as vítimas dele na Zona Sul do Rio de Janeiro. No entanto, quando foi resgatada, apareceram ao menos, 150 pessoas para adotar ela.

-Publicidade-

Segundo a Subsecretaria Estadual de Proteção Animal a cadela Macarena que é da raça pastor belga malinois (o mesmo cão que é usado para ajuda na polícia), para um cuidador temporário.

A inspetora do caso, Clarissa Huguet, contou que ela também já foi vítima do bandido, identificado como Allan Kardec Arêas Santos, de 42 anos. No momento do assalto, Clarissa contou que correu atrás do ladrão, mas ele deu um comando para Macarena, fazendo assim, a inspetora ser mordida pela cadela.

Após ser mordida, Clarissa foi levada para o hospital. O segundo encontro dela com o cão, foi diferente. “Gente, eu estou com a Maca. Olha só que coisa mais linda essa cadela. Vê se ela é brava? Que coisa mais gostosa”, falou a inspetora em um vídeo divulgado no Facebook. “Eu nem lembro porque mordi a perna dessa moça, né?”.

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

Segundo o jornal Extra, Clarissa contou que sentiu a sensação de dever cumprido e muita felicidade pela cadela. “Esse encontro tinha que acontecer. Eu fiquei muito emocionada. Eu amo pastor, tive pastor belga a minha vida inteira, aquele todo preto. A princípio deixei ela me cheirar, mas logo já estava abraçando e dando um monte de beijo”.

Por sua vez, o criminoso, Allan Kardec, tem 15 passagens pela polícia por crimes como lesão corporal, posse de drogas, desacato e maus-tratos aos animais. Segundo a delegacia do Leblon, ele poderá pegar 5 anos de prisão.

A inspetora ao lado do cão
A inspetora ao lado do cão (Foto: Reprodução/ Jornal Extra)

Ele já era procurado pela polícia. Um morador de rua, que dormia nas calçadas da zona sul do estado. Já existia um mandado de prisão preventiva contra o Allan.

Veja a nota da delegada do caso, Daniela Terra:

O autor tinha essa cadela e vivia andando pelas ruas de todos os bairros da Zona Sul. Usava o animal como instrumento para colocar medo nas pessoas e cometer crimes. Ele tem passagens na polícia desde 1997, e acabou sendo preso por cometer roubo impróprio, que é se utilizar do instrumento, ou seja, a cadela, para conseguir roubar os objetos”.

Assista agora o POD&tudo com Marcos Piangers e Ana Cardoso! Em um bate papo muito divertido, eles falam da estreia do filme “O Papai é Pop”, inspirado no best-seller de Piangers, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que estreia no próximo dia 11 de agosto.