Família

Cantora famosa se casa com o noivo da melhor amiga para cuidar de uma criança

Ela sentiu que tinha uma missão

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Stevie queria ajudar a cuidar do filho da amiga dela (Foto: Reprodução/Instagram @stevienicks)

Stevie Nicks é uma cantora e compositora americana que fez muito sucesso com a banda Fleetwood Mac e também com a carreira solo, com mais de 14o milhões de discos vendidos. Hoje, aos 71 anos, resolveu contar porque se casou com o noivo da melhor amiga. E o motivo, acredite se quiser: tem tudo a ver com o bem estar de uma criança.

A melhor amiga de Stevie, Robin Anderson, morreu muito cedo por conta de uma leucemia. Mas ela tinha um filho muito pequeno na época. Stevie ficou desesperada para ajudar o menino. Então ela convenceu o marido de Robin a se casar com ela, assim poderia ser a madrasta do bebê.

Ela conversou sobre isso no canal da Oprah Winfrey. Stevie explica que nunca quis ser mãe e nem casar, mas que casou. Por três meses. “Ela engravidou e então o câncer voltou e ela parou com o tratamento porque sabia que iria morrer e queria preservar o filho”, comentou.

“O Matthew nasceu e eu iniciei uma verdadeira missão porque eu queria aquele bebê. Hoje eu vejo foi uma atitude muito louca, eu não consigo nem falar. Até que um dia eu percebi a loucura que tinha feito”, hoje ela acha que jamais faria isso de novo.

As crianças não tem culpa 

Fernanda Gentil deu uma entrevista ao canal de Youtube da atriz Thaís Fersoza, mãe de Melinda e Teodoro. Fernanda é mãe de dois meninos, Lucas de 11 anos e Gabriel de 3. E o assunto da primeira parte do vídeo foi sobre como Gentil se preparou para deixar de ser apenas madrinha e virar mãe com apenas 22 anos.

A mãe biológica de Lucas, Adriana, foi diagnosticada com câncer quando ele tinha 5 meses e acabou falecendo um ano depois. O pai biológico, Marcos, é por coincidência padrinho de Fernanda. Ela disse que mesmo com apenas 22 anos, solteira, ainda na faculdade e estagiando não o deixaria sozinho.

A jornalista sempre teve uma boa relação com o casal diz à Thais Fersoza:”Eu sempre pedi para ser madrinha dos filhos deles, eu só não sabia quando ia vir, eu sempre fui muito próxima dela… e pra mim ser madrinha era treinar para ser mãe” e que quando soube da morte de Adriana entendeu o que iria acontecer: “Quando eu voltei do velória dela, o Lucas tava em casa eu olhei pra ele e… pari… quando eu bati o olho nele, eu falei: entendi, beleza, ‘vamo’ embora.”

Antes de começar a falar de trabalho, e para encerrar o tema “maternidade” Fernanda Gentil comenta sobre a relação que mantém com o filho mais velho: “O Lucas me ensinou muito, eu não sabia que tinha esse gatilho desse amor naquele momento.” e completa: “Na verdade eu falo que ele é meu filho pelo amor que eu sinto por ele, mas eu nunca disse pra ele… enfim, eu sou sempre a dinda”


Leia Também:

Fernanda Gentil faz post emocionante em comemoração ao 11º aniversário do filho

História de adoção: “Não nasceu de nós, mas nasceu para nós”

Na casa da dinda: entenda a importância dos padrinhos