Capitã da PM inova no vestido de noiva e personaliza farda para o casamento

Até a dama de honra teve o visual temático

A capitã teve seu sonho realizado se casando na Igreja e usando a farda (Foto: Gabriel Bandeira/G1)

Uma noiva brasileira decidiu fazer algo diferente no dia do casamento e realizar a cerimônia sem o vestido branco clássico, mas com uma farda da Polícia Militar. Raíssa Helena Amorim Borges tem 30 anos e é, atualmente, capitã da PM e quis homenagear sua paixão.

-Publicidade-

“A Polícia Militar vai além de ser apenas trabalho para mim”, contou ao G1. A profissional já atua na área há cerca de 15 anos e para realizar o seu sonho, mandou fazer uma peça adaptando o uniforme, claro, sem se esquecer do véu.

Raíssa conta que o noivo Matheus André Campos Borges, gerente de uma startup de agronegócios não tinha muito conhecimento sobre esse universo antes de se conhecerem, mas, depois desse tempo juntos, sabendo do amor da esposa pela profissão, apoiou a decisão.

-Publicidade-
A comemoração foi temática (Foto: Gabriel Bandeira/G1)

E não foi apenas a noiva que teve a roupa personalizada, a dama de honra também teve um vestido especial que também remetia a uma farda. O casamento na Igreja aconteceu em Cuiabá no último dia 13 deste mês e teve mais uma surpresa, pois não parou por aí.

O casal também optou por realizar outra comemoração nas prais de Cancún, no México, nesta terça-feira (19). Nesse segundo momento, os noivos usaram os trajes clássicos da cerimônia.  “Na igreja tivemos a benção e na cerimônia no civil dei um toque militar. Eu também sonhava em me vestir de noiva tradicional. Então, na praia reafirmamos os votos, fizemos um jantar e comemoramos durante três dias”, finalizou.

Em Cancún, realizaram a cerimônia tradicional (Foto: Gabriel Bandeira/G1)

Leia também:

Pai autista chora no casamento da filha e fotos viralizam na internet

-Publicidade-