Carlinhos Silva manda recado por não ver o filho em aniversário após polêmica de pensão

O humorista comentou sobre a situação nas redes sociais e fez um desabafo sobre não poder ver Arthur Henrique, que acabou de completar nove anos de idade

Resumo da Notícia

  • Carlinhos Silva se envolveu em uma polêmica sobre a pensão do filho em 2019
  • O humorista mandou um recado nas redes sociais
  • Arthur Henrique completou nove anos no dia 20 de julho
  • Ele ainda comentou sobre ter passado apenas dois aniversários com o menino

Carlinhos Silva, conhecido por ser o humorista Mendigo, fez uma publicação nas redes sociais para falar sobre o aniversário do filho, Arthur Henrique, que completou nove anos. Há alguns meses, ele se envolveu em um polêmica com a ex, sobre não pagar a pensão do menino.

-Publicidade-
O humorista se envolveu em uma polêmica sobre a pensão do filho no ano passado (Foto: reprodução / Instagram @carlinhoshumor)

No texto, ele falou sobre não ver o filho por causa e criticou a situação: “Muitos pais e filhos não podem estar juntos porque a morte já os afastaram, mas muitos pais e filhos, que estão a pequenos quilômetros de distância, não se podem ver pelo simples fato de a “justiça” ser conivente com alienação parental e acobertar mães mentirosas e criminosas, que sequestram e estupram a mentalidade de seus filhos, afastando eles do principal homem na sua vida que deveria ser referência, herói e espelho”.

O humorista também chegou a comentar que desde o nascimento de Arthur, só passou dois aniversários com ele por ter conseguido uma ordem judicial. Sobre outras ocasiões, Carlinhos disse que havia conseguido a aprovação, mas que depois a ordem foi descumprida: “As outras vezes que mandou já não funcionaram mais e não foram mais respeitadas, pelo simples fato de não ter recebido nenhuma punição. Aí virou festa né?…”.

-Publicidade-
Carlinhos comentou sobre não poder ver o menino por ordens judiciais (Foto: reprodução / Instagram @carlinhoshumor)

No ano passado, o humorista foi considerado como foragido por não pagar a pensão de Arthur por mais de seis anos. A dívida chegou a ficar em torno de R$ 650 mil. “Tenho dois acordos assinados que não foram cumpridos. Parei de pagar a pensão porque não existe penitência para a mulher. A Justiça e a mãe do meu filho não me respeitam. Tenho todos os documentos. Não é possível que chegou a esse ponto! Há seis anos não tem acordo. Para eles virou questão de honra me colocar na prisão. Sei o que o menor precisa. Acabaram com a minha família, não sei o que meu filho pensa de mim. Por que tenho que respeitar a Justiça se ela não me respeita?”.

-Publicidade-