Carnaval: saiba como proteger pele, cabelo e unhas durante a folia

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) fez algumas recomendações para evitar problemas de saúde e garantir uma comemoração sem risco nos bloquinhos

Resumo da Notícia

  • A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) deu algumas dicas para quem irá curtir o Carnaval fora de casa
  • As recomendações visam o cuidado da pele, cabelo e unha
  • Os cuidados devem ser feitos na escolha da espuma, glitter, pinturas e fantasias
As recomendações são tanto para os adultos quanto crianças (Foto: Getty Images)

O Carnaval está logo aí e, para muitos, já até começou com os bloquinhos deste último final de semana. Essa é uma data feita para curtir muito na rua, levar a família toda, ir atrás do trio elétrico, escolher a sua melhor fantasia, acompanhar os desfiles das escolas de samba, viajar e até ir à festas. Enfim, não importa o destino escolhido, é um feriado feito para sair de casa. Independentemente da forma que preferir aproveitar a folia, é importante ter cuidados extras em relação à pele, cabelo e unhas. 

-Publicidade-

“Vale lembrar que tudo o que é exagerado faz mal e que utilizar produtos de forma errada pode causar sérios danos à pele e, principalmente, à saúde. Além disso, o Carnaval acontece no verão. Então, os cuidados com o sol devem ser redobrados durante as atividades ao ar livre. Também não esqueça de usar roupas e sapatos confortáveis para evitar problemas”, alerta a Dra. Alessandra Romiti, Coordenadora do Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

É para curtir, mas sem deixar de lado os cuidados (Foto: reprodução)

Para passar pela época mais animada do ano sem sustos, confira as dicas e orientações da Sociedade Brasileira de Dermatologia para todos os foliões, desde os mais novos até os experientes: 

-Publicidade-
  • Brilhos, maquiagens, pinturas, espumas, sprays de pintar cabelo e fantasias: todos esses produtos podem conter substâncias que causam alergias, dermatite de contato, ardência ou coceira. Por isso, é importante não utilizar espumas, pinturas e sprays de cabelo em excesso. Em relação às maquiagens e brilhos, prefira os produtos de marcas confiáveis. Já sobre as fantasias, opte por materiais leves e evite tecidos sintéticos. Em caso de irritação, lave a área afetada com água e sabonete imediatamente e, em casos de piora, procure um dermatologista. 
  • Hidratação: cuide da sua saúde durante o carnaval bebendo bastante água ou água de coco para não deixar as altas temperaturas e o agito te desidratarem. Também abuse dos hidratantes corporais e faciais para evitar o ressecamento da pele. 
  • Cuidado com os pés: proteja seus pés de calos, traumas e riscos de cortes. Use sapatos confortáveis e folgados, de preferência tênis. Se mesmo com todo cuidado surgirem bolhas nos pés, o melhor é não estourar para não infeccionar, proteger com um curativo e usar um sapato que não provoque atrito na região. Assim você poderá curtir por mais tempo e sem dor a época do ano mais esperada pelos foliões. 
  • Proteção solar: O sol pode provocar, de imediato, queimadura solar e insolação. Inclua no seu kit carnaval chapéu ou boné de aba larga, óculos de sol com proteção UV e o filtro solar com FPS30, no mínimo, e reaplique a cada 2h, porque o produto sai com o suor. Também opte pelo protetor físico (com cor), já que tem maior aderência à pele, durabilidade e resistência ao suor. Além disso, se programe para aproveitar a folia até às 10h ou após às 15h, fora do horário de pico do sol. Outra dica importante é que ao entrar em contato com frutas cítricas (limão, tangerina e caju), lave bem a região com água e sabonete e reaplique protetor solar na área, antes da exposição solar para evitar queimaduras e manchas. 
É fundamental se manter hidratada, já que é uma época com altas temperaturas (Foto: Getty Images)

Caso você tenha bebê em casa e também irá levar para os blocos, é importante acrescentar outras medidas:

  • Ter todas as vacinas em dia e não permanecer por grandes períodos de tempo em aglomerações ou ambientes fechados. 
  • Respeitar os horários de sono do bebê, já que sair da rotina pode causar muito choro e irritação. 
  • Usar roupas leves e respiráveis, que deixam o corpo livre e fresco. As mães também podem optar por usar o canguru. 
  • Trocar as fraldas a cada duas horas para garantir que esteja limpo e protegido de assaduras. 

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-