Carolina Dieckmann fala que “Laços de Família” foi escrita para ela após perder o filho

A atriz contou sobre o momento difícil em Por Amor, de 1998, e explicou que o autor, Manoel Carlos, precisou mudar o final da novela para que ela seguisse com as gravações, além de fazer uma promessa

Resumo da Notícia

  • Carolina Dieckmann contou que Laços de Família foi escrita para era
  • A atriz passou por um momento difícil após perder o bebê na reta final das gravações de Por Amor
  • Ela ainda comentou sobre o apoio que recebeu de Vera Holtz
  • Durante a entrevista, Carolina também comentou sobre a famosa cena em que ela raspa a cabeça

No último sábado, 22 de agosto, Carolina Dieckmann contou durante a entrevista no Altas Horas que “Laços de Família” foi escrita especialmente para ela, por Manoel Carlos. A ideia surgiu quando durante a reta final das gravações de Por Amor, em 1998, ela perdeu um bebê. Com isso, o autor prometeu que faria uma nova novela para a atriz.

-Publicidade-
A atriz explicou que a novela foi escrita para ela (Foto: Reprodução/Instagram/@loracarola)

Transmitida pela primeira vez em 2000, pela Rede Globo, “Laços de Família” irá retornar às telas no dia 7 de setembro, pelo “Vale a Pena Ver de Novo”. “Eu estava fazendo Por Amor e, no fim da novela, eu estava grávida e perdi um bebê, mas minha personagem tinha um final feliz, que eu teria que gravar na semana seguinte”, explicou.

A atriz contou ainda que naquele momento difícil, recebeu o apoio de Vera Holtz: “A Vera Holtz, que fez a novela comigo, praticamente me adotou naqueles dias e me disse que eu não conseguiria gravar aquele final. A gente conversou com o Manoel Carlos, ele disse que reescreveria o fim da novela, mas que depois escreveria uma novela só para mim. E foi o que ele fez em Laços de Família”.

-Publicidade-
Ela contou que recebeu muito apoio de Vera Holtz (Foto: reprodução / Instagram @loracarola)

Ainda durante a entrevista, Carolina Dieckmann disse que não se preparou para a famosa cena em que a personagem, Camila, tem a cabeça raspada: “Eu não me preparei para aquela cena porque ela não existia. Aí, me falaram que iam gravar eu raspando a cabeça porque iam usar em uma campanha de doação de medula. Ele pediu para eu não rir porque não teria volta. E na hora em que gravamos, várias coisas me vieram na cabeça, como quantas pessoas tinham que fazer aquilo de verdade, então eu chorei e a cena saiu daquele jeito”, concluiu.

-Publicidade-