Casal de mães engravida ao mesmo tempo e dá à luz bebês com 4 dias de diferença

Taryn e Kat sempre quiserem ter uma família e decidiram gerar os próprios filhos a partir de uma doação de sêmen e de uma inseminação artificial caseira, assistida por elas mesmas

Resumo da Notícia

  • Ryan e Piper nasceram com apenas 4 dias de diferença
  • Eles são filhos de Taryn e Kat, um casal de mães da Nova Zelândia
  • Os bebês foram gerados através de uma inseminação artificial caseira

Ryan e Piper são dois irmãos que nasceram com quatro dias de diferença, cada um com uma mãe diferente. Não entendeu? Calma, a gente explica: Taryn Cumming e Kat Buchanan são as duas neo-zelandesas mães dos bebês. O casal sempre quis ter filhos e, para conseguir, engravidaram a partir de uma inseminação artificial caseira com o sêmen de um mesmo doador.

-Publicidade-
Ryan e Piper nasceram com 4 dias de diferença (Foto: Reprodução Facebook)

As duas começaram a pesquisar opções para aumentar a família, mas, como as clínicas de fertilização eram muito caras, acabaram optando por um procedimento caseiro. Após encontrar um doador de sêmen, elas fizeram todo o processo sozinha e descobriram, uma depois da outra, que estavam grávidas. Os bebês deveriam nascer com 12 dias de diferença, mas a bolsa de Taryn estourou mais cedo do que o previsto e, por causa disso, os irmãos nasceram com apenas 4 dias de diferença.

Apesar do desfecho curioso, Taryn e Kat desconfiam de que esse não teria sido o final da história caso a bolsa de Taryn não tivesse rompido naquele momento. Após o susto da bolsa estourar três semanas antes do previsto, as duas foram para o hospital mas descobriram que o trabalho de parto estava estagnado. Depois de uma indução, Ryan nasceu em 20 de novembro.

Ryan e Piper nasceram com 4 dias de diferença (Foto: Reprodução Facebook)

A nota de Apgar de Ryan era muito baixa e logo depois de nascer o menino foi submetido a um coma induzido, além de sofrer com convulsões. Por causa do susto que o menino deu nas mães, quando Kat entrou em trabalho de parto no dia 24 de novembro, ela decidiu fazer uma cesárea para não correr nenhum risco. O primogênito só teve alta em 6 de dezembro, e os exames mostraram que ele não teria sequelas dos problemas que teve logo no primeiro dia de vida. “Ele é nosso milagre”, contaram.

Ryan e Piper nasceram com 4 dias de diferença (Foto: Reprodução Facebook)