Casal homoafetivo decide adotar 6 irmãos e a história emociona

A história inspiradora aconteceu no estado da Pensilvânia, Estados Unidos

A família no tribunal (Foto: reprodução ABC News)

O casal Steve e Rob Anderson-McLean, da Pensilvânia, Estados Unidos (EUA), adotou seis irmãos que passaram 1.640 dias em um orfanato. Os dois estão juntos há 18 anos e se casaram legalmente em 2013.

-Publicidade-

A adoção das crianças Carlos, 14 anos, Guadalupe, 13 anos, Maria, 12 anos, Selena, 10 anos, Nasa, 9 anos, e Max, 7 anos, no último dia 23 de maio, foi um momento “extremamente emocionante” para a família, disse Steve ao portal Good Morning America.

“O juiz perguntou: ‘Você entende a essa altura que são seus filhos? Eles são tão seus quanto os filhos biológicos'”. O casal continuou: “Obviamente, sabíamos disso, mas quando olhei para cima e vi todos aqueles olhos, foi muito emocionante”.

-Publicidade-

“Nós nunca imaginamos que teríamos sorte ou seríamos abençoados o suficiente para ter seis.”

A família agora conta com oito integrantes (Foto: reprodução ABC News)

Steve e Rob Anderson-McLean estão juntos há 18 anos e já tinham criado outros filhos de casamentos anteriores, Parker, 25 anos, e Noah de 21. Mas depois que os filhos cresceram, a vontade de adotar aumentou. Eles pensaram em adotar e começaram a explorar essa possibilidade.

Steve e Rob Anderson-McLean (Foto: reprodução ABC News)

Steve disse que ele e o marido se inspiraram em adotar os irmãos depois de ver uma reportagem na TV sobre outro casal que fez o mesmo.

Os Anderson-McLeans começaram a procurar crianças dos Estados Unidos que precisavam de uma casa. Carlos, Guadalupe, Maria, Selena, Nasa e Max foram vistos em um site. As crianças estavam em um orfatato no estado de Ohio, nos Estados Unidos. Os seis irmãos estavam no sistema de adoção por quase cinco anos. “Nós nos apaixonamos no momento em que olhamos para eles”, disse Steve Anderson-McLean. “Eles são muito fáceis de fazer sorrir“.

Steve e Rob foram apresentados para as crianças em junho de 2018.  Um mês depois, os irmãos foram morar com o casal e estão com eles desde então. Todos têm o nome Anderson-Mclean e dois pais muito amorosos!

“Depois de 1640 dias no orfanato. Família Anderson-Mclean. Dia da adoção 23/05/2019” (Foto: reprodução ABC News)

“Nós os conhecemos há menos de um ano, mas, ao mesmo tempo, parece que sempre tivemos laços afetivos”, disse Rob. “Não há regras sobre quem pode constituir uma família, e nem sobre o amor que compartilhamos“.

Leia também:

Entenda as fases do sorriso do bebê e seu desenvolvimento da fase

Por que o número de crianças para adoção é muito menor do que o dos interessados para adotar?

Bruna Marquezine vai ser mãe? Atriz fala sobre possibilidade de adotar criança africana

-Publicidade-