Casal rouba recém-nascido de um hospital na Índia e o motivo do crime é de cortar o coração

Seema Shukla e seu marido, confessaram o crime e ainda afirmaram que não é a primeira vez que fazem isso. Entenda todos os detalhes, do porque eles estavam determinados em sequestrar uma criança

Resumo da Notícia

  • Seema Shukla sofreu um aborto em 2019 e de acordo com os médicos não pode ter filhos
  • A mulher entrou em depressão e começou a planejar uma forma de roubar um bebê
  • Ela e o marido foram descobertos pela polícia e admitiram não ser a primeira vez que fazem isso
Casal rouba criança de 12 dias de vida de um hospital (Foto: Getty Images)

Na última semana, um casal roubou um bebê de apenas 12 dias de vida, do hospital Queen Mary, em Lucknow, Índia. Tudo começou quando, Seema Shukla, se infiltrou na área da maternidade, junto com seu marido, Sanjay, e conseguiu ter acesso ao recém-nascido de Mamta Pihani. A mulher que precisou passar por uma cirurgia de emergência após o parto, entregou seu bebê para o marido, que achou que Seema fazia parte da equipe médica.

-Publicidade-
A família finalmente encontrou o bebê após momentos de tensão (Foto: Reprodução/ The Times Índia)

Segundo o The Times of India, quando o casal notou o sumiço da criança, foi atrás da equipe de segurança, que só conseguiu identificar a suspeita do crime após seis dias de investigação. Seema Shukla foi encontrada pela polícia, junto com o bebê e confessou o roubo.

A mulher que sofreu um aborto em dezembro de 2019, estava sofrendo com uma depressão profunda e vinha planejando o sequestro há meses. O casal ainda afirmou que não é a primeira vez que eles tentam roubar uma criança. Ambos foram presos e aguardam o julgamento do caso.

-Publicidade-
Novo aplicativo Pais&Filhos Interativo: teste seus conhecimentos, acumule pontos para trocar por prêmios e leia conteúdos exclusivos! Para baixar, CLIQUE AQUI.

-Publicidade-