Caso confirmado: Mariana Weickert pega covid-19 no 9° mês de gestação

A famosa contou que estava em isolamento social e não sabe como se contaminou. Além dela, o marido e a primogênita, de 2 anos, também se infectaram

Resumo da Notícia

  • Mariana Weickert se infecta com coronavírus
  • A apresentadora está no 9° mês de gestação
  • O marido e a filha da famosa também se infectaram
  • Veja o desabafo que ela fez nas redes sociais
Mariana Weickert pega coronavírus aos 9 meses de gravidez (Foto: reprodução Instagram)

A apresentadora Mariana Weickert usou as redes sociais para desabafar a respeito do que está passando. Com 38 semanas de gestação, prestes a dar à luz, a famosa descobriu que se infectou com o novo coronavírus. Além dela, o marido, Arthur Ferraz, e a primeira filha do casal, Thereza, 2 anos, também pegaram a doença. No relato, ela contou que a família está em isolamento social e que não sabe onde podem ter se contaminado.

“Sim, testei positivo, eu e todas as pessoas da minha casa. Estamos todos bem, ficamos muito assustados com o diagnóstico, até porque a gente tá na reta final da gravidez, eu estou entre 38/ 39 semanas, eu cuidei muito, a gente era a família noinha. Inclusive o pessoal da nossa família nos enchia o saco que a gente estava neurótico, lunático, mas eu sempre preferi pecar pelo excesso de zelo.”, começou contando

“A gente não sabe como a gente pegou, a gente não tem ideia porque a gente estava em isolamento absoluto, extremamente cautelosos, a gente realmente não entende. Tá tudo bem, os sintomas são brandos, uma pessoa completamente assintomática, eu estou um pouquinho mais mole, fanha, um pouco constipada, mas nada dos sintomas que eu tinha ouvido falar, um pouquinho de dor de cabeça, um pouco sem paladar, continuo comendo, mas como sem sentir o gosto. Tá tudo certo, fora o susto”, continuou.

Com o susto, a apresentadora disse que agora está torcendo para que o filho demore para nascer. “Agora é esperar que o Felipe seja preguiçoso como a Thereza e venha com 41 semanas, quanto mais tempo a gente tiver até testar negativo, melhor pro parto. Não quero nunca passar pra ele, dizem que a contaminação da placenta da mãe é muito difícil e eu estou me apegando a isso, quero poder abraçar meu filho quando ele nascer, amamentar desde o dia 1… Então é isso, que passe logo. Conto com as orações de vocês e eu vou dando notícias daqui, mas tá tudo bem.”, finalizou.