Caso Gabby Petito: caderno do noivo é encontrado onde ele confessa o crime

A família de Gabby Petito está processando aos pais de Brian Laudry por omitir informações, afinal, eles acreditam que a família do rapaz sabia onde estava o corpo da jovem de 22 anos

Resumo da Notícia

  • Caderno de ex-companheiro de Gabby Petito é divulgado
  • Brian Laudrie confessou ter matado a garota de 22 anos
  • A família de Petito está processando a família do culpado por 'omitir informações'

O advogado da família de Brian Laundrie, de 23 anos, divulgou uma caderneta do homem em que ele assume ter assassinado a noiva, Gabby Petito, de 22 anos. A jovem foi encontrada morta em setembro de 2021 em um parque estadual em Wyoming, Estados Unidos.

-Publicidade-

Brian foi direto na confissão, onde escreveu: “Eu acabei com a vida dela”. O caderno tinha sido encontrado em outubro de 2021, depois da morte do homem por suicídio. O médico legista deu o laudo final, em que Gabby morreu por estrangulamento.

O caderno só foi divulgado nos últimos dias. Nele também estava escrito: “Achei misericordioso, que era o que ela queria, mas agora vejo todos os erros que cometi. Entrei em pânico. Fiquei em choque. Mas a partir do momento que decidi, tirei a dor dela, sabia que não poderia continuar sem ela”.

Então, após o crime, Laundrie desapareceu e foi encontrado morto no deserto da Flórida em outubro. As informações que continham no caderno foram divulgadas pela People E, onde o advogado Steven Bertolino que concedeu o material.

Gabby Petito foi encontrada sem vida em setembro de 2021
Gabby Petito foi encontrada sem vida em setembro de 2021 (Foto: reprodução/Instagram)

Brian Laundrie também disse o assassinato foi misericordioso, pois ela implorava pelo ‘fim da dor’, no entanto, um dos advogados da família Petito, Patrick Reilly, falou para a revista People que é um absurdo chamar o assassinato de ‘trágico acidente misericordioso’.

A família de Gabby está movendo uma ação civil contra a família de Laundrie. O processo está alegando que Christopher e Roberta Laundrie, familiares de Brian, sabiam do paradeiro do corpo de Gabby.