Família

Chocolate: descubra os benefícios do doce preferido das crianças para a saúde

É a opção mais escolhida para sobremesa rápida e gostosa, não tem jeito

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

Quem não ama? (Foto: Getty Images)

Elaine Pádua é mãe da Isabella e da Rafaella, nutricionista pós-graduada em doenças crônico-degenerativas, especialista em adolescência, mestre pela UNIFESP e autora do livro “O que tem no prato do seu filho? – Um guia prático de nutrição para os pais”. Todo mês ela dá dicas incríveis sobre nutrição para você e para sua família.

Não é à toa que comer um pedacinho que seja de chocolate nos deixa mais feliz. É que ele estimula a produção da substância de bem-estar, percursora da serotonina. Ou seja, quando comemos chocolate, temos a liberação de endorfina, o que nos dá a sensação de prazer e felicidade.

O cacau, que é o principal componente do doce, é repleto de nutrientes e vitaminas, além de ser rico em polifenóis, substâncias consideradas antioxidantes, com potencial de melhora do sistema imunológico, cardiovascular e do perfil lipídico, ou seja, aumenta o colesterol bom (HDL) e diminui o colesterol ruim (LDL).

Chamo a atenção para que um costume comum da Páscoa não se estenda por muito tempo, mas, sem neura: não deixe de consumi-lo. Pequenas quantidades em situações especiais não comprometem a saúde ou a boa forma.

Uma boa dica é não comprar ovos de páscoa enormes, o que pode prolongar a temporada. E ao invés de comer muito chocolate de uma só vez, é muito melhor optar por pequenas quantidades por dia (30 gramas é uma ótima medida!).

TIPOS DE CHOCOLATE
Esses são os três mais famosos (e saborosos). Qual o seu preferido?

AMARGO
Contém massa de cacau que varia de 50% a 100%, manteiga de cacau e açúcar. Quanto maior o teor de cacau, mais amargo, menos manteiga e menos açúcar ele terá. Ou seja, será mais puro, nutritivo e rico em fitoquímicos.

(Foto: Getty Images)

AO LEITE
Tem menos massa de cacau, mais manteiga e açúcar. Para ter a cor e textura cremosa, e sabor adocicado, leva leite em pó. Com menos massa de cacau, é pobre em nutrientes e não proporciona benefícios como a versão amarga.

(Foto: Getty Images)

BRANCO
Leite, açúcar e manteiga de cacau fazem parte de sua receita, mas não leva a massa de cacau. Portanto, tem muito mais açúcar e gordura em sua composição e não acrescenta nenhum benefício à saúde.

(Foto: Getty Images)

Leia também:

Chocolate rosa chega ao Brasil e já estamos com água na boca!

Mãe fatura 1 milhão de euros por ano com chocolates e o começo dessa história é show

Tá liberado: chocolate amargo diminui o estresse