Chrissy Teigen defende Meghan Markle após críticas: “Não vão parar até ela ter um aborto espontâneo”

Pelas redes sociais, Chrissy Teigen, esposa de John Legend, pediu que a mídia pare de atacar Meghan Markle após sua saída da Família Real Britânica

Resumo da Notícia

  • Chrissy Teigen defendeu Meghan Markle pelas críticas que tem sofrido
  • A modelo pediu nas redes sociais que a mídia pare de atacar a duquesa
  • Meghan Markle está esperando o segundo filho, fruto do casamento com o príncipe Harry

Chrissy Teigen, esposa de John Legend, saiu em defesa de Meghan Markle sobre a entrevista com Oprah Winfrey, que será divulgada no próximo domingo, 7 de março. No programa, a duquesa e o príncipe Harry irão falar sobre o motivo de terem se afastado da família real.

-Publicidade-
Chrissy Taigen, esposa de John Legend, defendeu Meghan Markle sobre histórias negativas de tablóides ingleses (Foto: Getty Images)

Mesmo antes da entrevista ir ao ar, diversos tabloides ingleses disseram que Meghan seria uma “agressora” aos funcionários do palácio de Buckingham. Seguem à Quem, o casal deu a entender que a família real está cultivando as histórias negativas sobre ela na mídia.

Pelo Twitter, Chrissy falou sobre o assunto e pediu a mídia do Reino Unido que deixe Meghan “em paz”. A duquesa e o príncipe Harry estão esperando pelo segundo filho. “Essas pessoas não vão parar até que ela tenha um aborto espontâneo. Pare com isso”, escreveu na rede social.

Meghan Markle está grávida pela segunda vez. Em 2020, ela sofreu um aborto espontâneo (Foto: reprodução/Instagram @theroyalfamily)

Meghan Markle e o príncipe Harry anunciaram que estão esperando pelo segundo filho em fevereiro. No ano passado, a duquesa escreveu um artigo ao New York Times contando sobre um aborto espontâneo que sofreu em julho. Em outubro, Chrissy e John Legend também perderam o terceiro filho, que se chamaria Jack, logo após o parto que aconteceu na 20ª semana de gestação.