Cid Moreira afirma não querer reconciliação com os filhos: “Fui jogado no lixo por causa de dinheiro”

O locutor acredita que os dois filhos o desonraram ao abrirem processo judicial contra ele

Resumo da Notícia

  • Cid Moreira desabafa sobre relação com os filhos e conta que não quer mais contato com ambos
  • Em relato à Revista Quem, o jornalista disse que acabaram com a sua reputação em razão de dinheiro
  • Após muitas polêmicas, os filhos perderam a ação judicial

O jornalista Cid Moreira, de 94 anos, acabou decidindo que não quer saber de reconciliação com os filhos, Roger, de 45 anos, e Rodrigo Moreira, de 52, os quais entraram com uma ação judicial para interditar o próprio pai. Eles afirmaram que Cid possuía problemas psiquiátricos e estava sendo maltratado e mantido refém pela atual cônjuge dele, a jornalista Fátima Sampaio, de 58. Em entrevista exclusiva para o veículo de comunicação Quem, o apresentador disse que o assunto já foi resolvido.

-Publicidade-
Cid e Fátima possuem uma união estável desde 2000 (Foto: Cadu Pilotto)

Em entrevista à revista da Globo, ele desabafou: “Não tenho interesse em me aproximar. Fui desonrado. Estou assistindo um seriado chamado ‘Resurrection’, que fala muito de honra, de palavra. Eu fui jogado no lixo por causa de dinheiro. E foi a segunda vez que eles tentaram. A primeira, eles fizeram uma ondinha e tal, mas na segunda, como a internet cresceu, pegou fogo. Mas foi tudo sem prova e o pessoal, por audiência, foi abrindo as portas”, declarou ele.

Cid acrescentou que sempre lidou bem com os seus compromissos: “Eu trabalho muito até hoje. Nunca fui processado por deixar de pagar alguma coisa na minha vida inteira, para ficarem falando bobagens por aí. Eles queriam me interditar e cuidar de mim. Quem cuida de mim é a Fátima e muito bem, como vocês estão vendo. Foi um preço alto que paguei pela fama. Mas o Roger agiu mal desde a primeira vez que tentou me desonrar”, afirmou.

Cid Moreira andou fazendo exercícios e pilates pelo bem de sua saúde (Foto: Cadu Pilotto)

De acordo com o jornalista, a ex-esposa, Ulhiana Naumtchyk, o incentivou a adotar Roger: “Influenciado por ela, acabei adotando ele por gratidão, porque ele estava trabalhando comigo. Sei lá porque fiz isso. Foi a maior besteira que eu fiz na minha vida. Esse cara vai para mídia falar que eu estava mal-alimentado. É um absurdo total, porque nem na minha época de infância que meu pai era pobre, nós passamos fome. Muita gente acreditou nisso e entrei em um pesadelo. Mas a verdade é uma só. Entraram na justiça e perderam, finalizou ele.

Assista agora ao POD&tudo com Marcos Piangers e Ana Cardoso! Em um bate papo muito divertido, eles falam da estreia do filme “O Papai é Pop”, inspirado no best-seller de Piangers, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que estreia no próximo dia 11 de agosto.