Cidade da China tem recorde de divórcios após casais conviverem de forma integral durante a quarentena

Os chineses estão começando a sair do confinamento e o país já nota algumas consequências sociais ocasionadas pelo isolamento social por causa do coronavírus

Resumo da Notícia

  • A China foi o primeiro lugar onde ocorreu uma epidemia de Covid-19
  • Os chineses perceberam que o número de divórcios aumentou consideravelmente depois da quarentena
O número de divórcios teve um aumento considerável nas cidades chinesas / imagem ilustrativa (Foto: reprodução / Getty Images)

A China foi o primeiro lugar onde ocorreu uma epidemia de Covid-19. Acontece que os chineses, que estão começando a sair do confinamento, perceberam que o número de divórcios aumentou consideravelmente depois da quarentena.

As consequências causadas pelo confinamento foram inesperadas. Um exemplo é a cidade de Xi’am, com 12 milhões de habitantes, que registrou record em pedidos de divórcios nas últimas semanas, seguindo o jornal chinês The Global Times.

“É muito tempo junto. Eu tenho visto cada vez mais histórias sobre separações. Muitas piadas também. Mas o problema parece sério”, disse uma professora chinesa em entrevista a BBC News Brasil.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!