Efeito do coronavírus ao redor do mundo

A doença está se espalhando cada vez mais rápido. Alguns países tomaram medidas radicais a fim de reduzir a transmissão do vírus: comércios foram fechados, transporte público interrompido. Confira!

Resumo da Notícia

  • O coronavírus está se espalhando cada vez mais rápido
  • Cerca de 109 países tem casos confirmados
  • Alguns países estão tomando medidas mais radicais contra a transmissão do vírus
  • Especialistas explicam o motivo
Pessoas devem se proteger do novo vírus (Foto: Getty Images)

O coronavírus está se espalhando cada vez mais rápido. Metade dos países com a doença registrou o primeiro caso nos últimos 10 dias, até esta terça (11 de março), 109 países tinham casos confirmados, sem contar a China. Entre eles 56 foram atingidos em março. A doença tem se espalhado bruscamente e diversos países estão tomando algumas medidas para evitar o aumento das transmissões.

-Publicidade-

No Brasil, muitas escolas e faculdades cancelaram as aulas. Alguns show, festas e eventos também foram cancelados ou adiados. Ao redor do mundo, alguns países estão tomando medidas um pouco mais radicais. Na China – local onde o vírus se iniciou – cidades inteiras ficaram isoladas e o transporte público foi totalmente interrompido.

Na Itália, serviços não considerados essenciais, como, por exemplo, bares e restaurantes, foram suspensos em todo o país. A França anunciou o fechamento de escolas e universidades. Na Europa no geral, as pessoas estão se aglomerando e fazendo filas gigantescas para garantir o abastecimento das casas caso haja a necessidade de ficar em quarentena – você provavelmente já recebeu algum vídeo mostrando essa realidade em seu WhatsApp.

-Publicidade-

O vírus adentrou presídios no Irã e, depois da confirmação de infecções entre os detentos, mais de 70 mil presos foram soltos. Os Estados Unidos proibiram a entrada de pessoas vindas da Europa no país caso elas não tenham residência no país. A Coreia do Norte incentivou ativamente empresas a adotar o trabalho remoto (home office).

Especialistas explicarem que, num cenário como esse, ações extremas são justificáveis. Segundo eles, o principal objetivo é controlar a velocidade com que o vírus se espalha.

  • Coronavírus: como prevenir sua família

Os coronavírus são uma família de vírus conhecida há mais de 50 anos. Tem este nome porque parece uma coroa, se visto no microscópio. Algumas cepas infectam seres humanos, outras infectam somente animais. O novo vírus (2019-nCoV) provavelmente é uma mutação que não atingia humanos e, nos últimos meses, passou de um animal para uma pessoa em um mercado de frutos do mar e animais vivos na cidade de Wuhan, na China. Para se prevenir, a recomendação do Ministério da Saúde é a mesma feita para a prevenção de infecções respiratórias agudas. São elas:

  • evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
  • lavar as mãos com frequência, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
  • utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • manter os ambientes bem ventilados;
  • evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-