Família

Conheça a família Rocha Laudisio: “A receita da nossa família é a união”

A família Rocha Laudisio abriu as portas para a nossa equipe e nós não poderíamos ter sido melhores recebidos na casa de Elaine, Fernando, Isabella e Rafaella - que mostram que o tempero da família é a união

Jennifer Detlinger

Jennifer Detlinger ,Filha de Lucila e Paulo

la-em-casa-e-assim

Na foto, Isabella, de 10 anos, Elaine, Rafaella, de 7 meses, e Fernando. (Foto: Bruno Marçal)

Essa história começou a ser construída em 2015, quando o casal se conheceu na academia – Elaine é nutricionista (e nossa supercolunista!) e Fernando, empresário. Como fruto desse relacionamento, nasceu a pequena Rafaella, hoje com 7 meses. “A chegada dela resultou em uma nova adaptação para todos, porque nós já temos filhos maiores de outros casamentos que estavam em outras fases da vida”,
lembra Elaine, mãe também de Isabella, de 10 anos.

A gravidez chegou de surpresa, mas foi muito bem-vinda. “No começo, deu um certo receio porque eu teria que vivenciar tudo novamente. Mas passei por uma gestação ótima e tem sido um aprendizado constante e diário. São sete meses sem dormir direito, em uma grande correria, mas que a gente acaba se adaptando aos poucos. E tudo vale à pena porque a Rafaella trouxe uma nova energia para a casa”, conta Elaine.

 

(Foto: Bruno Marçal)

Dá pra resistir ao charme da Rafa? (Foto: Bruno Marçal)

Em meio às mudanças que aparecem com um bebê, Isabella conta que chegou a sentir ciúmes da nova irmã no começo, mas depois aprendeu a lidar com a situação da melhor forma: “Fui entendendo com o tempo que a Rafa é pequena e, por isso, precisa de uma atenção a mais. Agora eu sou apaixonada por ela”.  E nós vimos de perto essa relação de amor e cumplicidade. “A Isabella está muito feliz porque ganhou uma irmã e uma amiga para sempre”, conta Elaine.

E com a correria do dia a dia, o casal tenta resgatar ao máximo o hábito de unir a família toda em torno da mesa nas principais refeições. Afinal, com mãe nutricionista não poderia ser diferente. A cozinha é o coração da casa e funciona como um verdadeiro instrumento de convivência e harmonia familiar. “Sempre que conseguimos, nós fazemos o almoço e o jantar em casa. Pelo menos durante uma refeição do dia, a família precisa se reunir para fazer isso em conjunto”, explica Elaine.

Fernando também é pai de Felipe, de 9 anos, que sempre participa das refeições com as meninas. Como eles se mudaram recentemente para este apartamento, tudo é novo. “A gente está se adequando a esse novo ambiente e usando muito a hora do café da manhã, almoço ou jantar como um momento de união e troca de experiências”, conta Fernando.

E essa união se estende à família toda. Como Elaine tem uma rotina de trabalho bem corrida, precisa receber uma ajuda extra com as filhas. “Eu cuido dos meus pacientes lá fora e, quando chego em casa, também preciso cuidar das meninas e da casa. Sem dúvidas, minha mãe é um alicerce para me ajudar nessa jornada e fazer com que eu consiga dar atenção a elas”, conta. E Marisa, avó das meninas, é só sorrisos quando fala da filha e das netas: “Sou muito realizada por ter esse momento de aprendizado diário e poder ser mãe e avó”.

(Foto: Bruno Marçal)

A avó, Marisa, com Rafaella e a cachorrinha Nina. (Foto: Bruno Marçal)

Elaine defende a alimentação como uma ferramenta de vínculo familiar. “Por conta de toda essa tecnologia, as pessoas estão o tempo inteiro conectadas e muitas vezes fogem do mundo real”, explica.  Por isso, ela pega no pé das crianças e do marido para que eles esqueçam um pouco do celular e tenham um momento especial para trocar as experiências do dia. “Também pensamos como a gente pode se unir para preparar uma refeição em conjunto e decidir qual vai ser o cardápio, desde as compras no mercado até a hora da cozinha”, conta Fernando. E eles garantem que os filhos também colocam a mão na massa e ajudam mesmo!

Por não ser muito restritiva, Elaine acredita em uma alimentação equilibrada, na qual possam comer de tudo, mas com escolhas mais inteligentes: “A gente acaba trabalhando de uma forma diferente com as crianças. Tento ensinar, fazendo com que elas tenham uma visão do que é saudável aos poucos, sem proibir ou impor nada”. E assim como nas refeições, o amor e a construção de uma família não têm receitas prontas.

Para Elaine, eles vão tentando se moldar aos poucos de acordo com a bagagem que cada um traz, respeitando sempre o espaço do outro para criar um ambiente harmonioso para todos. “São histórias que vão se juntando, todas elas com o seu jeitinho. E no meio disso, colocamos um pouco de amor para fazer tudo dar certo. Receita boa é receita simples”.

(Foto: Bruno Marçal)

Elaine acredita que uma alimentação balanceada é a mais adequada para crianças. (Foto: Bruno Marçal)

Mão na massa!
Não resistimos e pedimos para Elaine passar a receita de 3 snacks simples, gostosos e caseiros – que as crianças (e os adultos!) adoram. Olha só:
Guacamole: com um garfo, amasse pedaços de abacate, cebola e tomate. Depois, acrescente um pouco de suco de limão, tempere bem e sirva com biscoito de arroz.
Gelatina: para fugir das receitas industrializadas, junte 2 colheres de sopa de ágar-ágar, 500 ml de suco de frutas de sua preferência (as meninas adoram morango e uva) e 150 ml de água. Depois,
coloque essa mistura em potes coloridos e pedaços da fruta escolhida por cima.
Sorvete: congele frutas como banana, morango, amora, mirtilo ou framboesa e bata no liquidificador com 50 ml de água. Por cima, coloque um purê de frutas com açúcar de coco. Uma sobremesa pra lá de gostosa e saudável.

Leia também:

Novo método de alimentação faz com que as crianças sejam menos seletivas.

Deixe a hora da refeição mais divertida.

8 truques para fazer seu filho comer de tudo.