Conheça a técnica que Kate Middleton usa para manter os filhos na linha

Além de muita paciência, ser uma criança da Família Real, requer muita disciplina. Veja como a Duquesa de Cambridge e o Príncipe William, trabalham em conjunto na criação de George, Charlotte e Louis

Resumo da Notícia

  • Kate Middleton usa o "sofá da conversa" na hora castigar os filhos
  • William é mais tranquilo do que Kate
  • Ambos contam com a ajuda da babá Maria Borrallo
Kate e William são pais de George, Charlotte e Louis (Foto: reprodução / Instagram @kensingtonroyal)

Disciplinar as crianças, nunca foi e nunca será, a tarefa mais fácil do mundo. Com diferentes técnicas, cada família aplica a educação que acredita ser mais eficaz e trazer mais resultado. Cada criança é de um jeito, e as vezes não existe uma receita do “certo e errado”. No entanto, para família real, disciplina e educação é coisa séria e por isso o Duque e a Duquesa de Cambridge, são empenhados na hora de ensinar.

De acordo com informações do TheSun, um contato próximo da família, afirmou que Kate Middleton e Príncipe William são país presentes no desenvolvimento dos filhos. Apesar de contarem com o suporte da babá, Maria Borrallo, o casal sempre fez questão desenvolverem castigos, que eles acreditam serem ideias para os filhos, George, Charlotte e Louis.

“Os erros e consequências são explicadas de maneira calma e sempre compreensível. Gritar é totalmente fora dos limites, caso algo do tipo aconteça, a criança é levada para o sofá da conversa”, explicou a fonte. O sofá, foi desenvolvido por Kate, como uma outra maneira de criar o “cantinho do castigo“. Para ela, sentar e entender a situação com as crianças, mostrou ser uma maneira mais fácil e eficiente na hora de disciplinar.

Além disso, os três filhos precisam obedecer uma rotina regrada. Horário de dormir é sempre as 19 horas, em ponto. São encorajados a brincar ao ar livre todos os dias, independente do clima. Contam com uma dieta, que introduz sabores e alimentos diferentes, ao longo do tempo e assim poder desenvolver um paladar saudável e flexível. Até mesmo o uso de eletrônicos e tempo de tela é regrado, para que não desenvolvam dependência. No entanto, até mesmo o Príncipe William, confessou que essa não é uma tarefa fácil!