Conheça o professor do Quênia eleito o melhor do mundo: “Nem tudo é sobre dinheiro”

A sala de aula dele tem mais de 70 alunos

Professor doa parte do seu salaário para ajudar comprar materias para alunos carentes (Foto: Reprodução / Twitter @petertabichi)

Peter Tabichi, é professor do Quênia e mostra o quanto se importa com os alunos tentando ajudar da melhor forma que consegue. Cerca de 80% do salário que ele recebe é doado para apoiar os estudos dos alunos da Escola Secundária Keriko Mixed Day, onde ele atende uma classe com 70 a 80 pessoas, que, na verdade, deveriam ser de 30 a 40.

-Publicidade-

Peter é membro da ordem religiosa franciscana e ganhou o prêmio Global Teacher Prize de 2019, conferido pela Fundação Varkey – Organização de Caridade dedicada à melhoria da educação para crianças carentes. “Nem tudo é sobre dinheiro”, disse Tabichi para a BBC.

Além do professor ter vencido ao prêmio, disputado entre outros dez mil indicados de 179 países, ele é bastante elogiado por realizar suas atividades em uma escola totalmente sem infraestrutura.

-Publicidade-

“A escola fica em uma área muito remota. A maioria dos estudantes vêm de famílias muito pobres. Até pagar o café da manhã é difícil. Eles não conseguem se concentrar, porque não se alimentaram o suficiente em casa”, contou em entrevista publicada no site do prêmio.

Durante algumas competições científicas nacionais e internacionais, os alunos de Peter sempre foram bem sucedidos. Para ele, o objetivo é que os estudantes tenham ambições, além de promover a ciência em toda a África.

Leia também

Vídeo: professora carrega um aluno de cada vez no colo em alagamento e emociona milhares de pessoas 

Professor segura bebê de aluno enquanto dá aula e ensina muito sobre empatia 

A relação da criança com o professor pode mudar a vida dela 

    -Publicidade-