Conrado e Aleksandro: vídeo mostra momento exato em que ônibus de tomba em rodovia

O novo vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que o ônibus, que carregava os cantores Conrado e Aleksandro, tombou na rodovia Regis Bittencourt

Resumo da Notícia

  • Um novo vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que o ônibus, que carregava os cantores Conrado e Aleksandro, tombou na rodovia Regis Bittencourt
  • Consegue-se escutar o estrondo do tombo, que deixou 6 mortos incluindo o cantor Aleksandro
  • As imagens foram feitas por câmeras de segurança de um estabelecimento à beira da Rodovia Régis Bittencourt

Um novo vídeo foi divulgado e está circulando nas redes sociais, onde mostra o ônibus que carregava os cantores Conrado e Aleksandro, tombando na rodovia Regis Bittencourt. Consegue-se escutar o estrondo do tombo, que deixou 6 mortos incluindo o cantor Aleksandro.

-Publicidade-

Nas imagens, é possível ver o veículo dos sertanejos passando ao fundo e, logo em seguida, um forte estrondo. As imagens foram feitas por câmeras de segurança de um estabelecimento à beira da Rodovia Régis Bittencourt, em São Paulo. O acidente matou Aleksandro e mais cinco pessoas. Conrado segue internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Aleksandro, da dupla com Conrado, morreu no acidente de ônibus
Aleksandro, da dupla com Conrado, morreu no acidente de ônibus (Foto: reprodução/Instagram/@conradoealeksandro)

O ônibus envolvido no acidente de trânsito da dupla Conrado e Aleksandro, ocorrido no último sábado, 7 de maio – foi multado 182 vezes. Segundo levantamento feito pelo Balaço Geral, da Record TV, as multas do veículo são em decorrência de excesso de velocidade. Com a repercussão da reportagem, a assessoria de imprensa dos cantores enviou uma nota informativa para mais esclarecimentos.

De início, o programa apresentado na televisão havia contado por meio de um vídeo, supostamente do dia do acidente, em que o veículo estaria acima do limite permitido. Mas, segundo informações dedicadas à imprensa, os advogados da empresa de transporte alertaram que a gravação não foi realizado no mesmo dia do acidente de Conrado e Aleksandro.