Conselheiro tutelar suspeito de assediar criança diz que foi “seduzido” pela vítima

A mãe da vítima registrou um boletim de ocorrência por importunação sexual. O homem já foi encaminhado ao sistema prisional

Resumo da Notícia

  • O conselheiro tutelar suspeito de assediar criança diz que foi "seduzido" pela vítima
  • A mãe da vítima registrou um boletim de ocorrência por importunação sexual
  • O conselheiro tutelar pedia fotos íntimas da vítima e prometia presentes caros à ela, caso o pedido fosse aceito

O conselheiro tutela, de 50 anos, foi preso em flagrante na última terça-feira, 5 de junho, por acusação de estupro de vulnerável contra uma menina de apenas 12 anos. O caso acontecer em Nova Lima, localizada na região metropolitana de Belo Horizonte.

-Publicidade-

Segundo reportagem do g1, a mãe da vítima registrou um boletim de ocorrência por importunação sexual contra o homem no dia 20 de junho. Já nesta semana, a família da garota apresentou novas denúncias contra o conselheiro, identificado como o Same Moreira de Paula.

Ao ser preso, ele estava no Conselho Tutelar do bairro Jardim Canadá. Porém, ele atua na unidade do centro da cidade. Ainda de acordo com o portal jornalístico g1, a Polícia Civil informou que o suspeito foi direcionado à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Nova Lia, local conde foi ouvido.

O criminoso está em prisão provisória
O conselheiro tutelar suspeito de assediar criança disse que foi “seduzido” pela vítima (Foto: Reprodução / Getty Images)

O homem já foi encaminhado ao sistema prisional. Mas, as investigações continuam. Em nota ao jornal, a Prefeitura de Nova Lima afirmou que “tão logo recebeu a referida denúncia, encaminhou e acompanhou a família à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, para que a investigação e providências fossem devidamente realizadas, e comunicou ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente”.

Por fim, disseram: “A Gestão Municipal informa também que segue acompanhando o caso e está à disposição tanto das autoridades quanto da família da criança para eventuais providências a serem tomadas”.

Conforme apuração da TV Record, por meio de mensagens, o homem pedia fotos íntimas da vítima e prometia presentes caros à ela, caso o pedido fosse aceito. Em torca de mensagens, ele conversava abertamente com a garota sobre sexo e dizia que “queria ficar sozinho” com ela. Dando ainda, detalhes do que gostaria de fazer com a criança. Além disso, na delegacia, o Same Moreira de Paula alegou que a menina havia “seduzido” ele.