Coração Enorme! Policial se veste de palhaço para ajudar crianças com doenças raras

Conhecido como Soldado Ziza, o oficial criou um canal no Youtube para arrecadar dinheiro e ajudar no pagamento dos tratamentos e remédios caros dos pequenos

Resumo da Notícia

  • Policial Militar de Curitiba, com enorme coração decidiu ajudar crianças com doenças raras
  • Para isso ele decidiu se vestir de palhaço para alegrar os pequenos e arrecadar dinheiro para ajudar com os tratamentos e remédios
  • Fabiano, o PM, começou o projeto em 2016 e já ajudou mais de 3 mil crianças

Fabiano Iório, também conhecido como Soldado Ziza, de 35 anos, começou a se vestir de palhaço em 2016 e alegrar o dia de crianças internadas no hospital. O Policial Militar de Curitiba, no Paraná, comprava brinquedos e doava para os jovens, passando a tarde criando narrativas e brincando com eles, dando início ao projeto ‘Soldado do Bem’.

-Publicidade-

Não o bastante, ao visitar a ala pediátrica ele percebeu que tinha mais que ele podia fazer pelos jovens e decidiu contribuir também por outros meios. Segundo o R7, ele decidiu tentar juntar dinheiro para ajudar a pagar pelos remédios e tratamentos caros para as crianças, participando de eventos beneficentes.

Fabiano começou a se vestir de palhaço e visitar as crianças internadas em 2016 (Foto: Reprodução/ R7)

Há menos de 2 anos, Fabiano criou um canal no YouTube e decidiu doar tudo que recebe da plataforma para ações sociais que ajudam os pequenos, assinando em um documento público. O publico do canal também ficou engajado com o tema e perguntou ao PM como eles poderiam ajudar, gerando a criação de uma vaquinha para que eles pudessem contribuir.

-Publicidade-

O palhaço Ziza, nome em homenagem a mãe Zilma e o falecido pai, cujo apelido era ‘Zazá’, já conseguiu ajudar mais de 3 mil famílias e quer contribuir cada vez mais. “Tenho certeza que vamos chegar muito mais longe, pois é uma causa nobre, uma causa universal, eu acredito que a solidariedade é universal”, explicou.

Ele já ajudou mais de 3 mil famílias (Foto: Reprodução/ R7)

Com o coração enorme, ele se lembra de estar presente. “Agora, com o dia das crianças chegando, eu pretendo chegar até 2 mil crianças com 4 eventos diferentes, levar bolo, refrigerante, cachorro-quente, brinquedos, saquinhos com doces, entre outras coisas”, concluiu Fabiano.

-Publicidade-