Coronavac: eficácia de vacina contra Covid-19 para crianças a partir de 6 meses é avaliada

Os testes aconteceram na África do Sul, no Chile, Quênia, Malásia e Filipinas;

Resumo da Notícia

  • Nesta sexta-feira, 10 de setembro, a Sinovac Biotech iniciou um ensaio com sua vacina contra a Covid-19 em milhares de bebês, crianças e adolescentes;
  • Os testes aconteceram na África do Sul, no Chile, Quênia, Malásia e Filipinas;
  • O ensaio é parte de um estudo global.

Nesta sexta-feira, 10 de setembro, a Sinovac Biotech iniciou um ensaio com sua vacina contra a Covid-19 em milhares de bebês, crianças e adolescentes na África do Sul, no Chile, Quênia, Malásia e Filipinas como parte de um estudo global.

-Publicidade-

Os testes clínicos de fase 3 da Coronavac finalmente começaram a ser feitos em crianças para avaliar a eficácia e a segurança da vacina contra a covid-19 na população de 6 meses a 17 anos. A ideia é que após a aplicação os pequenos sejam acompanhados por uma equipe médica.

(Foto: Freepik)

Em entrevista à jornais locais, um dos coordenadores do estudo disse: “Este estudo também analisa o nível de anticorpos ao longo do período de um ano para ver se eles estão diminuindo e se ainda continuam garantindo imunidade depois de seis meses e um ano. Serão analisados vários aspectos, incluindo eficácia e imunogenicidade”.

Vacina em crianças

Na última segunda-feira, 06 de setembro, o Chile aprovou o uso do imunizante CoronaVac em crianças com mais de 6 anos. A decisão, tomada pela agência reguladora de medicamentos do país, aumenta o público atingido pela campanha de vacinação e ajuda a restringir a disseminação do vírus entre a população.

(Foto: Reprodução / G1)

“Esta é uma ótima notícia para crianças em idade escolar e para as que não foram incluídas em planos de vacinação anteriores”, disse Enrique Paris, ministro da Saúde chileno. A CoronaVac recebeu votos favoráveis de cinco dos membros do Instituto de Saúde Pública (ISP), enquanto que dois votaram em seu uso para apenas maiores de 12 anos e somente um foi contra a aplicação da vacina em crianças.

Além da CoronaVac, o Chile também está usando a vacina da Pfizer em crianças e adolescentes com mais de 12 anos, medida que também está funcionando no Brasil.