“A pior coisa é a tosse incontrolável”, desabafa homem com diabetes infectado por coronavírus

O britânico está em autoisolamento em casa, no sudoeste de Londres, e afirmou que já teve gripes piores

Andrew está em autoisolamento em casa, no sudoeste de Londres, e afirmou que já teve gripes piores (Foto: Arquivo pessoal/Reprodução/BBC)

“A pior coisa é a tosse incontrolável”, descreve Andrew O’Dwyer, que está se recuperando após ter sido infectado com o novo coronavírus, em entrevista à BBC.

-Publicidade-

Ele fez uma viagem à Itália no final de fevereiro para esquiar e acabou contraindo o vírus. Andrew está em autoisolamento em casa, no sudoeste de Londres, e afirmou que já teve gripes piores. Além disso, ele disse que a febre que teve devido ao coronavírus não é diferente dos sintomas normais de gripe.

Apesar de ter diabetes tipo 1, Andrew diz que não está preocupado com o novo coronavírus. A gravidade dos sintomas pode variar entre a população.

-Publicidade-
(Foto: Getty Images)

Pessoas idosas e com condições médicas pré-existentes, como asma, diabetes ou doenças cardíacas, têm maior probabilidade de ficar gravemente doentes e podem precisar de tratamento hospitalar.

No Reino Unido, onde Andrew vive, até o momento foram dez mortes relacionadas ao coronavírus. Ao voltar da Itália para o Reino Unido, ele decidiu ficar em casa e se isolar como precaução, apesar de ainda não apresentar sintomas naquele momento.

 

-Publicidade-