Coronavírus: hospitais públicos de São Paulo vão aplicar testes apenas em pacientes internados

“Nós vamos deixar de fazer exames para aqueles pacientes não internados. Só faremos exames nos pacientes internados, nos pacientes em clínica sentinela e pacientes de pesquisa. Isto é dar bom gasto ao dinheiro público”, disse David Uip

(Foto: Getty Images)

A rede pública do estado de São Paulo agora vai aplicar testes de coronavírus apenas para pacientes internados, segundo o coordenador do centro de contingência contra a doença, David Uip.

-Publicidade-

O anúncio foi feito após reunião conjunta com os secretários estadual e municipal da Saúde e o governador João Doria nesta sexta-feira (13). Além dos pacientes internados, serão testados também pacientes de clínicas-sentinela e de pesquisas científicas.

(Foto: Getty Images)

“Nós vamos deixar de fazer exames para aqueles pacientes não internados. Só faremos exames nos pacientes internados, nos pacientes em clínica sentinela e pacientes de pesquisa. Isto é dar bom gasto ao dinheiro público”, disse David.

-Publicidade-

Após o anúncio, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, destacou que a necessidade do exame está limitada para locais onde ainda não há transmissão comunitária e que cabe aos técnicos de cada estado decidir quando é possível abdicar do teste para todos os pacientes.

“Quando você tem epidemia, e eu já sei que o quadro clínico é esse, que tem a história. Faz-se um diagnóstico clínico. Por nexo causal. Eu faço [a notificação] por amostragem, em casos de epidemia o que me interessa é isso. E os kits [vamos] guardar para casos graves”, disse o ministro.

-Publicidade-