Covid-19: diretor de hospital alerta crescente em números de casos de crianças infectadas em Alagoas

Desde o começo da pandemia, foram 42 mortes de crianças por Covid-19 no estado de Alagoas, e o pediatra alerta sobre o número crescente de casos de menores infectados

Resumo da Notícia

  • Pediatra de Alagoas fala do número crescente de casos de covid-19 em crianças
  • Desde o início da pandemia, foram 42 mortes de crianças no estado
  • O que está preocupando a comunidade médica é que menos da metade delas tomou a segunda dose da vacina

O diretor do Hospital da Criança de Alagoas, falou nesta quarta-feira, 22 de junho, sobre o aumento nos números de casos de crianças com Covid-19 no estado. “Os serviços de saúde notam um aumento expressivo no número de atendimentos”, disse o pediatra João Lourival, segundo o portal G1.

-Publicidade-

Mesmo que em muitos casos, a doença não se manifesta de forma grave nas crianças, isto não significa que o quadro de saúde não pode ter uma piora. Desde o início da pandemia, em 2020, foram 42 crianças menores de 10 anos que morreram em Alagoas.

O que preocupa a comunidade médica também é o baixo índice de crianças de 5 a 11 anos vacinadas contra a Covid-19 no estado. O vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde mostrou que somente 29,29% das crianças tomaram as duas doses, e, 54,94% tomaram a primeira.

Menos da metade das crianças tomaram a segunda dose da vacina (Foto: Freepick)

O pediatra também falou que é muito importante proteger as crianças e em casos da doença de forma moderada ou grave, os menores devem ser levados imediatamente para o hospital. “Devemos evitar a exposição das crianças, estimular a higienização das mãos e lavagem nasal nos sintomáticos respiratórios. Casos moderados e graves devem ser encaminhados para as unidades de pronto-atendimento”.