Covid-19: Gestantes vacinadas com CoronaVac transmitem anticorpos ao bebê

O estudo foi publicado pela revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e pela revista Human Vaccines & Immunotherapeutics, de Istambul.

Resumo da Notícia

  • Grávidas vacinadas com CoronaVac transmitem anticorpos contra a covid-19 ao bebê;
  • Pesquisadores já tinham constatado que mães vacinadas contra a covid-19 podem transmitir anticorpos da covid-19 filho pelo leite materno;
  • Neste estudo, os cientistas analisaram a reação de mães com outro imunizante

Estudos feitos em universidades brasileiras e turcas apontam que mães vacinadas com o imunizante da farmacêutica Sinovac, produzido no Brasil pelo Instituto Butantan, nasceram com anticorpos contra o Sars-CoV-2. Os pesquisadores já tinham constatado que mães vacinadas contra a covid-19 possuem anticorpos que podem ser transmitidos ao filho pelo leite materno.

-Publicidade-

Cientistas brasileiros da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) analisaram um recém-nascido que desenvolveu anticorpos contra o coronavírus depois de sua mãe ter sido imunizada com a CoronaVac na 34ª e na 37ª semanas de gestação.

A pesquisa publicada na revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical detalhou a observação feita no plasma sanguíneo do bebê. Amostras de sangue do recém-nascido foram colhidas 24 horas após o parto e os pesquisadores descobriram que o bebê, que nasceu na 39ª semana de gestação, tinha anticorpos neutralizantes contra o coronavírus.

A placenta protege os fetos em desenvolvimento de contraírem o coronavírus
A placenta protege os fetos em desenvolvimento de contraírem o coronavírus, aponta estudo (Foto: Getty Images)

“A imunidade passiva pode ter ocorrido por via transplacentária. Isso porque a transferência de imunoglobulina G (anticorpos do tipo IgG) da mãe para o feto começa no final do primeiro trimestre de gestação e aumenta ao longo da gravidez, variando de 10% da concentração materna nas semanas 17 até 22 a 50% nas semanas 28 a 32. A concentração continua a aumentar no terceiro trimestre, permitindo que as concentrações de anticorpos fetais excedam os níveis maternos em 20% a 30%”, aponta o estudo.

Outro trabalho realizado por cientistas do departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade de Istambul, na Turquia também mostrou que a imunização durante a gravidez com a CoronaVac levou à passagem de anticorpos contra a covid-19 para o recém-nascido. O estudo foi publicado na revista Human Vaccines & Immunotherapeutics.