Covid-19: profissionais da educação que trabalham em creches vão ter prioridade na vacinação

Professores e outros trabalhadores da área da educação que atuam em creches serão os primeiros a receber a vacina contra a covid-19. Depois que todo o grupo for imunizado, começa também a vacinação de pessoas de 18 a 59 anos fora do grupo prioritário

Resumo da Notícia

  • Nesta sexta-feira, o Ministério da Saúde emitiu uma nota divulgando a ordem de imunização de profissionais da Educação
  • A vacinação das pessoas de 18 a 59 anos no grupo não prioritário deve acontecer simultaneamente à imunização de grupos prioritários
  • Veja a ordem e entenda a nova decisão

Nesta sexta-feira, 28 de maio, o Ministério da Saúde emitiu uma nota técnica divulgando qual é a ordem de imunização de trabalhadores da Educação, não somente os professores: profissionais que atuam na faxina, portaria e manutenção estão inclusos. Além disso, a nota também contou que foi autorizada a vacinação de pessoas fora do grupo prioritário após essa etapa, com idades entre 18 e 59 anos e em ordem decrescente.

-Publicidade-

A vacinação das pessoas de 18 a 59 anos no grupo não prioritário deve acontecer simultaneamente à imunização de grupos prioritários após os professores receberem a dose do imunizante. De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização, os profissionais da educação estão no 18º e 19º lugar dos grupos que têm prioridade.

Ordem de prioridade da vacinação de acordo com o nível de ensino

  • Creches
  • Pré-escolas
  • Ensino fundamental
  • Ensino médio
  • Ensino profissionalizante
  • Educação de jovens e adultos (EJA)
  • Ensino superior (grupo prioritário nº 19)
Ministério da Saúde divulgou ordem de prioridade para vacinação de profissionais da educação (Foto: Freepik)

Uma reunião feita pelo Ministério mostrou que vários municípios relataram pouca demanda de vacinação de alguns grupos. Por isso, foi tomada a decisão de antecipar a imunização dos trabalhadores da Educação. “A justificativa para a antecipação da vacinação deste grupo diz respeito aos importantes impactos sociais ocasionados pela covid-19 na educação infantil com a necessidade de volta às aulas presenciais. Estes impactos seguramente estão sendo mais importantes justamente nos grupos sociais menos favorecidos”, explica a nota técnica.

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

A vacinação de vários grupos diferentes simultaneamente já está acontecendo em outras cidades do Brasil, como Salvador, Aracaju, Pernambuco, Maceió, Piauí, Recife, Minas Gerais, Natal e São Paulo.

É importante ressaltar que as pessoas que fazem parte dos grupos não prioritários com idades entre 18 e 59 anos poderão receber as doses do imunizante em ordem decrescente, ou seja, do mais velho para o mais novo, e somente após a vacinação dos profissionais da área da saúde.