Covid-19: São Paulo inicia testes em massa em professores e alunos para volta às aulas

Na última quinta-feira, 1 de outubro, foi iniciada a primeira fase do Censo Sorológico em busca do retorno das aulas presenciais que estão paralisadas desde março

Resumo da Notícia

  • Na última quinta-feira, 1 de outubro, São Paulo iniciou testes em massa para volta às aulas
  • Na primeira fase irão coletar amostras de 192 mil pessoas e durante as três etapas pretende-se testar 777 mil
  • As regras sanitárias estão sendo respeitadas, principalmente o isolamento social, evitando aglomerações

Na última quinta-feira, 1 de outubro, começaram os testes em massa de professores, alunos e servidores da rede pública de ensino de São Paulo para o coronavírus. Já foram realizados exames em 3,5 mil pessoas e 88 escolas, de acordo com a prefeitura.

-Publicidade-

A primeira fase de testagem que começou ontem, segundo a UOL,  se prolongará até cerca do dia 15 de outubro, com a previsão de coletar material sorológico de 192 mil indivíduos. Com um investimento de R$ 50 milhões, durante as três etapas da coleta, pretende-se testar 777 mil pessoas.

A coleta está sendo realizada por profissionais de ensino com menos de 60 anos, servidores e alunos do ensino fundamental, entre o 3º e 9º ano. As regras sanitárias durante tudo isso estão sendo respeitadas, principalmente o isolamento social, evitando aglomerações.

-Publicidade-
Durante as três etapas da coleta, pretende-se testar 777 mil pessoas (Foto: Getty Images)

As pessoas convocadas pra realizar o teste recebem o alerta por e-mail, WhatsApp, ou ligação, e caso não consigam ir na hora pré-determinada no convite, ela pode ser alterada. A coleta ocorre das 8h às 12h e 13h às 17h.

Para a realização de coletas das amostras de sangue, equipes de 468 UBSs foram convocadas para realizar o exame nas próprias escolas da região. Após concluído a diretoria da escola recebe os resultados e avisa o diagnóstico ao examinado, caso ele tenha testado positivo ao novo coronavírus todos da família podem fazer o teste e, caso necessário, a própria UBS pode dar acompanhamento médico.

-Publicidade-