Criança de 2 anos é salva por policial depois de se engasgar com bala

O momento foi registrado por uma câmera de segurança. A criança até pediu uma foto com o policial depois do ocorrido

Resumo da Notícia

  • Uma criança de 2 anos foi salva por policial depois de se engasgar com uma bala
  • O momento foi registrado por uma câmera de segurança
  • A criança até pediu uma foto com o policial

Depois de se engasgar com uma bala, uma criança de dois anos foi salva por um policial militar na última segunda-feira, dia 30 de maio, em Ipuiuna. Todo o momento foi registrado por uma câmara de segurança rotativa que estava instalada no local.

-Publicidade-

Segundo o Sargento que realizou a manobra para salvar a criança do engasgo, Gilberto Lombello, ele estava saindo de casa em direção ao quartel da Polícia Militar onde iria começar a trabalhar. O homem se surpreendeu quando a mãe da criança apareceu na porta da casa do policial pedindo ajuda.

Criança de 2 anos é salva por policial depois de se engasgar com bala
Criança de 2 anos é salva por policial depois de se engasgar com bala (Foto: Getty Images)

Ele contou os detalhes: “Assim que fechei o portão da minha residência, deparei com uma mãe, muito nervosa, que trazia consigo um filho de dois anos, no colo. Essa criança estava engasgada, completamente sufocada. Iniciei algumas manobras, contraindo o diafragma da criança e não obtive resposta. Deitei essa criança sobre minha perna esquerda, de bruços, e comecei a dar tapas na escápula, até que a bala se desprendeu e ela voltou a respirar”.

“Temos que estar preparados para qualquer situação e dar uma resposta positiva para a população. Deus me colocou no local certo e na hora certa para que eu salvasse aquela criança”, concluiu o sargento sobre a importância de saber manobras de salvamento de engasgo. Depois que a criança se recuperou, ela aproveitou para tirar uma foto com o homem.

O que fazer em caso de engasgo?

Primeiro lugar: manter a calma. Quanto mais nervosos, pior ficará a situação.

Em bebês que ainda não completaram um ano, devemos virá-lo de bruços, em nossos braços, com a cabeça na altura mais baixa do que o quadril, e damos cinco “tapinhas” fortes na região das costas, justo entre os ossinhos da costela.

Caso o engasgo continue, viramos o bebê de barriga para cima e com os dois dedos maiores da mão, precisamos apertar cinco vezes o diafragma, que é o mais ou menos onde fica o estomago, até que possa ver alguma melhora.

Já em crianças maiores de um ano, precisamos abraçar a criança por trás, usando as mãos para pressionar o diafragma, até que a fruta seja expelida. Após todas as tentativas, é necessário levar a criança ou o bebê rapidamente ao pronto socorro.