Criança de 5 anos é deixada sozinha em apartamento e cai de quarto andar

A menina de 5 anos morava no quarto andar com a mãe e o padrasto em Chapecó

Resumo da Notícia

  • Luna de 5 anos, foi deixada sozinha no apartamento enquanto os responsáveis iam ao mercado
  • Segundo relatos, a menina se desequilibrou e caiu do quarto andar
  • O padrasto está sendo acusado por não ter fechado as janelas e o apartamento não tinha proteção

Criança de 5 anos morreu em Chapecó, Santa Catarina, na última sexta, feira, 8 de abril, após cair do quarto andar de um prédio. A menina se chamava Luna Victorique Zabatiero e estava sozinha no apartamento. A mãe e o padrasto, com quem a garota morava, ficou sozinha no local, enquanto o casal ia ao supermercado.

-Publicidade-

Segundo nota da Polícia, uma vizinha relatou que a menina pulava no apartamento e tinha um barulho de televisão. Ela também falou que a menina estava muito perto da janela aberta quando se desequilibrou e caiu.

A garota foi encontrada pelo Corpo de Bombeiros, mas já estava sem vida, com algumas fraturas e cortes. No momento, os pais de lima ainda não tinham chego no apartamento. Mesmo depois de tentativas para reanimar a menina, o óbito foi confirmado quando a criança chegou no Hospital Materno Infantil de Chapecó.

A garota tinha 5 anos e relatos dizem que ela se desequilibrou na janela
A garota tinha 5 anos e relatos dizem que ela se desequilibrou na janela (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Conforme os relatos, moradores do local tentaram agredir o padrasto da menina, de 21 anos, que disse ter trancado a janela do apartamento que não tinha tela de proteção. A mãe da menina de 30 anos, estava em choque.

O casal falou que deixaram a menina sozinha por 20 minutos para comprar o jantar. A polícia militar, vizinhos contaram que o casal sempre deixavam Luna sozinha em casa com frequência e a criança já foi vista sentada perto da janela.

O caso foi registrado na polícia como abandono de incapaz com morte e será investigado pela Delegacia de Proteção à criança, adolescente, mulher e idoso de Chapecó.