Criança de apenas 11 anos é encontrada morta com sinais de violência

Segundo investigações, a menina de 11 anos foi encontrada morta com graves sinais de violência. A mãe e o padrasto são investigados pela Polícia Civil

Resumo da Notícia

  • A criança foi encontrada morta com sinais de violência
  • A mãe e o padrasto são investigados pelo crime
  • Os responsáveis pela menina foram encaminhados à delegacia

Na madrugada desta quinta-feira, 14 de abril, uma menina de penas 11 anos foi encontrada morta com graves sinais de violência. O caso aconteceu no Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Segundo o g1, a Polícia Civil encaminhou a mãe e o padrasto da vítima para uma delegacia em Indaial. Ambos foram liberados após prestarem esclarecimento.

-Publicidade-

Em seguida da morte da criança, a Polícia Militar foi acionada pelo  Hospital Ordem Auxiliadora das Senhoras Evangélicas, que fica localizado pela cidade onde aconteceu a tragédia.

O filho de 4 anos foi levado para o hospital porém não sobreviveu
A criança de apenas 4 anos foi encontrada morta em (Foto: Reprodução/Getty Images)

No momento, a polícia ainda não deu detalhes sobre os ferimentos que foram encontrados na criança e demais informações sobre o crime. A delegacia que cuida do caso abriu um inquérito para investigar a morte da garota.

Em nota à imprensa, a PM disse que o padrasto da vítima, homem de 41 anos, negou qualquer crime cometido. “A Polícia Científica – Instituto Geral de Perícias – foi acionada para elaboração das perícias sobre a natureza das lesões e causas da morte, bem como para análise do local do fato. Os depoimentos das testemunhas também foram colhidos”.

Outro caso de brutalidade

Uma família inteira foi encontrada morta dentro da residência onde moravam, localizada em Cruzaltense, no Rio Grande do Sul. Segundo o portal ND+, os vizinhos ouviram barulhos de tiros na última terça-feira, 12 de abril. Já na manhã de quarta-feira, 13 de abril, eles conseguiram visualizar sangue escorrendo pela parede externas da casa.

Os moradores do entorno notaram a ausência da família após nenhum integrante sair para trabalhar, visto que, todos eram bem conhecidos pela cidade e falavam com a vizinhança pela manhã. Em seguida, um morador, viu que as janelas da casa estavam abertas e decidiu chamar a Força Tática da Brigada Militar. Leia a matéria completa aqui.