Criança é salva por abraço do tio em acidente que matou os pais: “Foi um milagre”

Thiago Alves, de 28 anos, e a esposa, Giovanna Gabrielle, de 21, colidiram contra um poste em São Vicente e não resistiram

Resumo da Notícia

  • Uma criança de 3 anos sobreviveu ao acidente que matou os pais ao ser abraçado pelo tio
  • Thiago Alves e a esposa, Giovanna Gabrielle, colidiram contra um poste no início da noite do último domingo
  • O tio da criança conta que o menino não sabe que os pais morreram

Uma criança de 3 anos sobreviveu ao acidente que matou os pais em São Vicente, no litoral paulista, ao ser abraçado pelo tio. Thiago Alves, de 28 anos, e a esposa, Giovanna Gabrielle, de 21, colidiram contra um poste no início da noite do último domingo, 6 de dezembro, e não resistiram.

-Publicidade-
O casal tinha um filho de 3 anos (Foto: Reprodução / G1)

Em entrevista ao G1, outro irmão de Thiago, Andrew da Silva, de 20 anos, disse que a família pretendia chegar em Santos. “O meu sobrinho foi salvo pelo tio, que é irmão do Thiago por parte de mãe e estava com ele no carro. Ele [tio da criança] contou que, no momento do acidente, o abraçou para protegê-lo e conseguiu sair com ele do carro logo depois que o veículo bateu contra o poste. Ele pediu ajuda e, em seguida, desmaiou, acordando só no hospital. Eles sobreviverem e terem saído bem de um acidente tão grave foi um milagre, até os bombeiros nos disseram isso. Tanto que o tio do meu sobrinho está bastante machucado”, conta.

Família está abalada

O casal tinha um filho de 3 anos (Foto: Reprodução / G1)

O tio da criança conta que o menino não sabe que os pais morreram, embora esteja perguntando pelos dois desde que saiu do carro. De acordo com a família, eles eram todos muito apegados. “Thiago era alegria pura, por onde passava fazia todos sorrirem. Em qualquer situação, ele trazia alegria, era um excelente pai, filho exemplar e o melhor irmão que podíamos ter. Ele tinha dez irmãos, e era a alegria de todos. E a Giovanna era uma filha carinhosa, mãe dedicada, esposa e companheira”, relembra o ajudante.

-Publicidade-

A família ainda está muito abalada com a perda do casal. O irmão de Thiago explica que os dois tinham dado um passo importante naquela semana e financiado a primeira casa. O jovem e a esposa já tinham escolhido o imovel e iriam assinar os documentos nos próximos dias.

Daqui para a frente, vamos aprender a lidar com a falta dele. Todos os irmãos tinham contato diário com ele, então, é um espaço das nossas vidas que vai ficar vazio”, destaca o familiar.